Saúde

Especialistas ensinam como montar um prato saudável e completo em restaurantes

Segundo as nutricionistas, é essencial escolher bem os alimentos no almoço e no jantar, pois essas refeições contribuem para o bom funcionamento do organismo

Lívia Oliveira (livia.oliveira@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Será que você monta seu prato da forma correta quando vai em restaurantes? Fugir das testações dos alimentos gordurosos e das sobremesas calóricas do buffet é quase sempre um desafio. Pensando nisso, o iBahia preparou um guia com orientações para manter um estilo de vida saudável mesmo fora de casa. 

Segundo as nutricionistas Ana Carolina Pallottini e Priscila Teles, é essencial escolher bem os alimentos no almoço e no jantar, seja em casa ou na rua, pois essas refeições contribuem para o bom funcionamento do organismo. 

Foto: reprodução / Pixabay

"Proteínas de origem animal (preferencialmente carnes brancas, peixes e aves, assados ou cozidas), legumes, vegetais (podem ser consumidos cozidos ou crus e temperados com azeite de oliva ou vinagre de maçã), arroz integral e leguminosas (feijões, grão de bico e lentilha) não podem faltar no seu prato", indicou Priscila Teles, nutricionista da Mundo Verde

Já Ana Carolina Pallottini lembrou que você não precisa se privar de comer nenhum alimento. "Alimentação equilibrada e variada é a melhor forma de sustentar uma vida mais saudável. Devemos consumir com moderação todos os alimentos, mesmo os mais calóricos ou com contribuição nutricional menos atrativa", aconselhou a nutricionista da Equilibrium e consultora da Adria.

Para te ajudar a melhorar sua alimentação, as especialistas deram dicas sobre as escolhas dos alimentos e até sobre a quantidade de porções ideais. Confira: 

1- Melhor opção de restaurante: precisa escolher um lugar para almoçar ou jantar? Opte por restaurantes por quilo e self-service, pois eles oferecem mais possibilidades de alimentos. O segredo é só saber dosar a quantidade que vai colocar no prato. 

Foto: reprodução

"Prefira locais com opções vegetarianas. Essa gastronomia oferece alimentos menos calóricos, mais variados e com opções de proteína vegetal. Uma massa acompanhada com um hambúrguer de soja, legumes e vegetais, pode trazer mais saciedade e sabor diferenciado para o seu dia a dia", explicou Ana Carolina. 

2- Cuidado com a salada: é importante que ela tenha passado por um processo de higienização adequado. Ao entrar no restaurante, observe como as saladas estão dispostas no buffet do local, se tem resíduo de sujeira, areia ou bichos. O mais seguro é escolher as saladas cozidas ou refogadas. 

3- Fuja dos industrializados: evite molhos industrializados, pois eles podem conter muito sódio e aditivos químicos em sua composição que são prejudiciais para saúde.

Foto: reprodução
4- Quantidade de cada alimento: existe uma quantidade mínima ideal de porção para cada opção que colocar no prato. "Para alimentos fontes de carboidratos (arroz, milho, trigo, pães e massas), o ideal é que sejam consumidos no mínimo cinco porções diárias. No caso das proteínas e gorduras, no mínimo uma porção ao dia. Já legumes e verduras no mínimo três porções", garantiu Ana Carolina. 

5- Nada de líquido: evite consumir bebidas durante a refeição, pois isso pode atrapalhar o processo digestivo. Na hora de escolher a bebida, prefira sucos de frutas sem adição de açúcar. 

6- Sobremesas: prefira uma fruta ou doces a base de frutas para complementar sua alimentação, pois elas ajudam na saciedade. 

7- Sem neuras: você não precisa comer só alimentos saudáveis todos os dias da semana, se permita comer um pedaço de lasanha ou outra massa. Você só não pode aderir esse hábito todos os dias. 

Fontes:

Ana Carolina Pallottini – Nutricionista da Equilibrium e consultora de nutrição da Adria
CRN-3 41192

Priscila Teles – Nutricionista da Rede Mundo Verde