Saúde

Está acima do peso? Entenda a diferença entre dieta e reeducação alimentar

Aspectos como o tempo de dedicação são importantes para distinguir os dois processos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Você é aquele tipo de pessoa que sobe na balança e não gosta do resultado? Quer simplesmente melhorar a sua alimentação? Nesse momento em que se está propício a mudanças, logo se pensa em começar uma dieta ou uma reeducação alimentar. É importante entender que as duas coisas são distintas, apesar de próximas.

Foto: Reprodução

Um aspecto importante de diferenciação entre os dois conceitos se refere ao tempo de cada um. A reeducação alimentar é algo para ser feito a longo prazo, regulada aos sinais de apetite, saciedade e do nível de energia da pessoa. Já a dieta geralmente é uma saída a curto prazo em um conjunto de hábitos alimentares de um sujeito e com uma finalidade mais específica.

"A dieta é restritiva, ou seja, um regime prescrito com restrição total ou parcial de certos alimentos ou grupo de alimentos, e sempre com finalidade terapêutica, como diminuir taxas de colesterol, reduzir peso, aumentar massa muscular, ou ainda para pessoas que, por outros motivos, não podem consumir algum nutriente", destaca a nutricionista da empresa de alimentos saudáveis Taeq, Daniella Chein, ao site Conquiste Sua Vida.



A nutricionista ainda destaca que, a efeito de saúde, a escolha pela reeducação alimentar deve ser priorizada. "É preciso entender o valor de cada alimento, a quantidade de vezes que se deve comer, a quantidade certa desses alimentos e as horas corretas das refeições. Não é preciso passar vontades e nem fome para se manter saudável e esteticamente bonito! O segredo é o equilíbrio", afirmou Daniella.

Fontes:
Daniella Chein (CRN 2003100646) é formada em Nutrição Clínica pelo Centro Universitário Bennett e atua no Rio de Janeiro.