Saúde

Hidroginástica: atividade física indicada para todas as idades

Segundo especialista, pessoas mais jovens vêm buscando a prática da atividade na água

Revista ABM

A hidroginástica ainda costuma ser associada como atividade voltada para mulheres, e em idade mais avançada. Mas, na verdade, há muito tempo esse cenário mudou. É cada vez maior o número de pessoas mais jovens, tanto mulheres quanto homens, que procuram essa atividade física, social e lúdica.

“Pessoas idosas procuram bastante a hidroginástica por não oferecer risco de lesão e ser uma ótima atividade física que permite mais sociabilização. Mas isso não significa que pessoas jovens não façam. Aliás, esse quadro vem mudando bastante nos últimos anos. Já é sabido que a hidroginástica tem muitos benefícios, tanto físico quanto mental, além de ter grande poder de reabilitação, o que faz muita gente optar pela atividade”, explica Habib Nascimento, educador físico com 18 anos de experiência em hidroginástica.

Para o ortopedista e fisiatra Jorge Jambeiro, professor da Escola Bahiana de Medicina, a hidroginástica é ótima para todas as idades e tem a vantagem de poupar as articulações, já que a água diminui o impacto. “Protege principalmente quadril, joelhos, tornozelos e pés”.

Mas o ortopedista alerta que é importante que a atividade seja orientada e acompanhada por um profissional de educação física, pois só ele vai poder dar a carga e os exercícios adequados, levando em consideração os limites de cada pessoa. “Não se pode aumentar a carga indiscriminadamente só porque o exercício é na água”, orienta o médico.

Veja os benefícios da hidroginástica
• Previne doenças cardiovasculares em pessoas sem doenças cardíacas (quem tem quadro de patologias cardíacas só pode fazer atividade física com indicação médica)

• Ajuda no emagrecimento -  (em média 500 cal/por hora) – uma aula dura de 50 a 60 minutos e deve ser praticada pelo menos três vezes na semana

• Melhora a circulação e a respiração

• Fortalece os músculos, evitando quedas e a sarcopenia (atrofia muscular)

• Fortalece os ossos

• Melhora a flexibilidade, o que ajuda na prevenção de quedas

• Aumenta a coordenação motora, permitindo maior independência, principalmente para idosos e crianças

• Preserva as articulações -  estudos mostram que os exercícios aquáticos sobrecarregam menos as articulações

• Promove bem-estar, combate o estresse,  melhora o sono, aumenta o humor e promove maior sociabilização

A hidroginástica também é uma atividade bem indicada para gestantes por ajudar a manter o peso corporal controlado, dar mais equilíbrio, além de ajudar no desenvolvimento saudável do bebê e facilitar o trabalho de parto. “Mas a gestante só pode fazer a partir do quarto mês de gestação, e com autorização do obstetra”, orienta o educador físico.

Foto: Revista ABM

A atividade também não ocasiona nenhum risco para a saúde, porém é indicado passar por uma avaliação médica.”Assim como em qualquer atividade física, na hidroginástica também é necessário uma avaliação médica, pois só assim podemos conhecer as patologias do aluno. A anamnese ajuda bastante, porém uma avaliação mais minuciosa é importante”, explica Habib Nascimento.



Hidroterapia
A Hidroterapia é uma atividade diretamente ligada ao tratamento de doenças, sejam elas cardíacas, neurológicas, ortopédicas, pediátricas, medicina esportiva, dentre outras. É extremamente indicada para qualquer tipo de reabilitação, desde que não existam feridas abertas ou contraindicação específica. Embora seja bastante utilizada por atletas, sua indicação pode ser para qualquer pessoa que possa se beneficiar com o tratamento.

De acordo com Dr. Jambeiro, a grande diferença entre hidroterapia e hidroginástica é que a hidroterapia é um tratamento e por isso precisa de indicação médica, e deve ser aplicada por fisioterapeuta. “Sua indicação depende da doença apresentada pelo paciente, mas sua prática não deve substituir a reabilitação convencional. Ela é complementar”.