Saúde

Não desanime: saiba cinco atitudes para dar novos rumos a sua vida

Especialista indica que é preciso fazer reflexões e buscar forças

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Em tempos de isolamento social, muitas pessoas se questionam quais atitudes tomar agora e no futuro, já que todo esse cenário representa um ambiente que nunca foi experimentado anteriormente. Porém, é preciso ficar atento para não ser tomado por pensamentos negativos e buscar maneiras de elevar o bem estar físico e mental. 

Para o analista de perfil comportamental Eduardo Volpato, isso significa fazer reflexões e buscar forças para tomar novas atitudes e trilhar novos caminhos na vida. Veja outras dicas dadas pelo especialista:

1 – Quebre o ciclo da insatisfação
Quem nunca se perguntou: "Como as coisas chegaram a esse ponto?". Às vezes nos sentimos tão perdidos com o rumo das nossas vidas que não conseguimos enxergar como chegamos a tal ponto, e muito menos como é possível sair dele. Mas eu digo com a convicção de quem passou por isso, que a mudança começa de dentro para fora.

Para Eduardo, é importante se perguntar: qual é a primeira palavra que você diz ao acordar? Suas palavras são negativas ou positivas? Pois são pequenas atitudes na forma como a gente pensa e se comporta com as pessoas que estão ao nosso lado, que vão refletir no modo como levamos a vida no mundo exterior. Quem não controla a própria comunicação não controla a própria vida.

2 – Não se apegue a crenças limitantes
O analista afirma que somos criados dentro de crenças que tentam nos limitar e abalam a formação da personalidade, a autoconfiança e a autoestima. Ele questiona: "quem nunca disse para si mesmo frases como 'Eu não mereço', 'Eu sou incapaz', 'Eu não sei vender'?. Eduardo considera que para uma mudança verdadeira, é importante se olhar com honestidade e firmeza, entender seus pontos fracos e fortes e transformar seus comportamentos negativos em positivos para alcançar prosperidade e abundância.

3 – Não tenha medo de falhar
Acredite em você! Se não fizer isso, ninguém vai. Ao projetar uma identidade poderosa e corajosa você passa a confiar em si mesmo e entenderá que fracassos também fazem parte do crescimento. Há inúmeros casos de profissionais que se tornam vitoriosos após fracassarem diversas vezes.

"Quem deixa de tentar por medo de falhar não sai do lugar, não aprende, não se desenvolve e continua infeliz", afirma o analista.

4 – Valorize as pequenas conquistas
Para Eduardo, terminar um curso que estava pendente, conseguir fazer a caminhada que é deixada sempre em segundo plano, separar 30 minutos para estudar algo novo, são grandes feitos que são conquistados por meio das pequenas vitórias e desafios diários, muito importantes para fortalecer o sentimento de “eu sou capaz” e ter uma autoimagem positiva.

5) Se conecte espiritualmente
Nosso estado de espírito reflete o que estamos sentindo. Nossas crenças e pensamentos precisam se modificar para um estado harmonioso, pacífico, promissor e positivo. E como fazemos isso? Sempre que tiver um desejo, mentalize-o e diga em voz alta como ele é e sinta como se já tivesse acontecido.

O analista indica que essa conexão espiritual funciona como autossugestão, o que só aumenta a vontade e capacidade de realizar o desejo. Portanto, é preciso não gastar tempo e energia brigando com pensamentos sabotadores. Ou seja, é necessário aproveitar os tempos de isolamento social para conectar-se a você mesmo e entender que possui todos os recursos necessários para realizar os sonhos da sua vida e agir.