Saúde

Novo teste identifica se paciente já teve Covid-19

Método ELISA é registrado pela Anvisa

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Um novo tipo de teste para Covid-19 é capaz de identificar se o paciente já teve o vírus. O método ELISA é utilizado pelo DNA Laboratório e Genética, e pode tirar a dúvida de quem teve até sintomas leves da doença.

Através desse método é identificado o anticorpo produzido pelo sistema imunológico (IgG) após contato com o novo coronavirus e que continua circulando no organismo. No entanto, o IgG é um anticorpo de longo prazo e é indicado medi-lo após duas semanas da data de contágio. “É uma espécie de cicatriz da infecção pelo coronavírus. Mesmo após várias semanas é possível saber se a pessoa teve contato com o vírus, ainda que não tenha apresentado sintomas”, diz o médico geneticista e assessor técnico do laboratório Diego Miguel.

A chegada do teste ELISA amplia a nossa oferta de exames e serviços de acordo com o período de exposição ao vírus avaliado em cada paciente”, afirma Diego. O exame é certificado e registrado pela ANVISA e o resultado é entregue em até quatro dias úteis.