Saúde

Outubro Rosa: alimentos que combatem o Câncer de Mama

"Alguns alimentos possuem nutrientes especiais que ajuda a prevenir a doença por serem, entre outros, ricos em antioxidantes", diz nutricionista

Estamos no Outubro Rosa, mês em que é realizado uma série de ações que objetivam conscientizar quanto a prevenção e combate ao Câncer de Mama, principal causa de mortes de mulheres no Brasil. E fui conversar com a nutricionista Isabela Mota que nos deu dicas de alimentos que podemos consumir para combater esse tipo de câncer. “Alguns alimentos possuem nutrientes especiais que ajuda a prevenir a doença por serem, entre outros, ricos em antioxidantes”, explica.


Então sem nos alongar mais, vamos ao que importa. Anote os ingredientes para uma vida sem câncer de mama.


1. As frutas vermelhas possuem uma fitonutrientes anticancerígenos chamados antocianinas. Eles agem no retardo  do crescimento das células pré-malignas e combatendo a formação de novos vasos que podem alimentar essa célula.


2. Cenoura também é uma forte aliada. Estudos da Havard constatou que o alimento reduz 17% o risco de desenvolver o câncer se você consome duas porções por dia. “Isso ocorre em função do betacaroteno que protege o DNA contra a oxidação e a formação de radicais livres”, explica Isabela.


3. Uvas, essas possuem flavóides que retardam o crescimento de células malignas. Então uma taça de vinho tinto de vez em quando pode ajudar, mas sem excessos já que o álcool pode desencadear outras doenças.


4. O brócolis possui um nutriente chamado de sulforano que ajuda a eliminar as substâncias que podem dar origem às células cancerígenas. Repolho e Couve Flor também são indicadas. Recomenda-se uma xícara por dia.


5. Especiarias como pimenta preta e curry também ajudam pois têm ação anti-inflamatória o que ajuda a combater a formação de células cancerígenas sem influenciar nas saudáveis que já existem no seio.


6. O ovo inteiro, com gema e tudo, também é um alimento indicado para a prevenção e combate ao câncer de mama. A parte amarela possui colina que é associada a diminuição das taxas de câncer de mama.


“O importante é colorir o cardápio com vermelho, verde escuro, comidas preparadas com especiarias e atividade física regular são importantes para garantir um saúde feminina imbatível”, conclui a nutricionista.