Saúde

Pregorexia: conheça o transtorno alimentar que afeta as grávidas

A doença, derivada da anorexia, pode afetar mulheres que se preocupam excessivamente com o peso

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Se você está grávida ou conhece alguém que está, deve ficar atenta a um transtorno que pode atingir as mulheres durante essa período: a pregorexia. O transtorno alimentar atinge mulheres que controlam o peso radicalmente durante a gravidez.

O termo é uma união de pregnancy (gravidez em inglês) e anorexia, e a doença tem essas características. Como a doença é recente e pouco conhecida pela ciência, a nutricionista Kátia Terumi M. Rodrigues Ushiama, em entrevista a revista Glamour, afirma que mulheres que já tiveram qualquer tipo de transtorno são mais propensas a desenvolver a pregorexia. Mulheres mais jovens e mais preocupadas com a aparência também são mais atingidas. 

(Foto: Divulgação)

“A pregorexia geralmente é notada durante o pré-natal, quando o médico costuma acompanhar a evolução do peso da gestante. Normalmente, as pacientes não admitem que estão se alimentando incorretamente ou provocando o vômito. É comum, durante a gravidez, se preocupar com a alimentação e o ganho de peso, mas o cuidado deve ser redobrado quando esse medo é excessivo”, diz a nutricionista. 

De acordo com a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica, a estimativa de peso ideal durante o período de gestação seria com um IMC entre 18.5 e 24.9, e a mulher deve engordar entre 11 e 16 quilos. Após o diagnóstico, entretanto, a profissional recomenda o acompanhamento nutricional junto com ao psicólogo.