Saúde

Pronta para o verão? Conheça alguns alimentos ricos em água para manter o corpo hidratado

Além de caprichar no consumo de frutas também é necessário recorrer a outros alimentos naturais

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Pensando em como se refrescar nesse verão? Você precisa investir em alimentos ricos em água que garantem frescor e hidratam o organismo. A nutricionista Luciana Novaes da Taeq listou alguns alimentos indicados para consumir na estação mais quente. Confira:

Foto: Reprodução/ Shutterstock

Água de coco ajuda a hidratar e restabelecer a perda de sódio e potássio
Além de beber bastante água durante o dia (lembre-se de calcular a quantidade ideal de acordo com o seu peso), você também pode recorrer a outras bebidas hidratantes. De acordo com a nutricionista Luciana Novaes, a água de coco é uma das melhores opções.

"Um coco chega a ter 400 ml de água. Bebida rica em vários minerais, com baixa caloria, sendo uma alternativa saudável no lugar de refrigerantes, funciona como um soro caseiro, conseguindo hidratar e restabelecer a perda de sódio e potássio que acontece quando suamos muito e perdemos líquido para o ambiente", recomenda a profissional.

Chás gelados são ótimos para a digestão, hidratação e melhoram o funcionamento do organismo
"Chá gelado, de plantas como hibisco, camomila, chá verde, erva-doce e erva cidreira, por exemplo, além de ajudarem na hidratação, auxiliam em diversos distúrbios como dietas para controle de peso, melhoram a digestão, auxiliam a induzir ao sono e possuem substâncias que melhoram o funcionamento do nosso metabolismo", disse Luciana.

Frutas com alto teor de água não podem faltar na dieta durante o verão
Não dá para abrir mão das frutas na dieta, certo? Mas, o que muita gente esquece é que elas são ainda mais importantes durante o verão,  pois ajudam a manter o organismo hidratado e bem nutrido. 

"Melancia, melão, laranja, acerola, limão, tangerina e abacaxi são frutas com alto teor de água e costumam ter entre 80 a 90% do seu peso em água. São excelentes fontes de minerais e vitaminas e funcionam como ótimos lanches pouco calóricos, que auxiliam a hidratar naqueles momentos em que não se tem uma garrafa de água por perto, ajudando quem não tem o costume de beber água pura", afirma a profissional.

Verduras e outros vegetais devem fazer parte das refeições principais para auxiliar na hidratação
Além de caprichar no consumo de frutas  seja in natura, em forma de sucos, vitaminas ou saladas, também é necessário recorrer a outros alimentos naturais, que trazem benefícios para o organismo. De acordo com a nutricionista, existem alguns vegetais que ajudam a manter o corpo hidratado e são indicados para a dieta durante o verão.

"Couve, alface, chicória e outros vegetais crus também são fontes de hidratação, pois têm um elevado teor de água, podendo ser usados em saladas e sopas, para auxiliar a hidratação nas grandes refeições. Possuem um baixo valor energético, são pobres em gordura, ricas em vitaminas, minerais e fibras, sendo recomendado que façam parte da nossa alimentação diária", explica Luciana.

Leite fornece cálcio (mineral importante) e tem alto teor de água
Esse alimento pode estar presente no seu café da manhã ou lanche da tarde, por exemplo. "Utilizar o leite também é uma forma de se hidratar. Normalmente, o leite possui 90% de água e pode ser importante para quem precisa consumir mais cálcio, promove saciedade e é um alimento rico em vários nutrientes importantes para crianças e idosos", afirma a nutricionista.

Bebidas isotônicas ajudam repor nutrientes importantes depois da atividade física
Mesmo durante o verão (diante de altas temperaturas) é muito importante continuar fazendo exercício físico. No entanto, o cuidado deve ser redobrado para manter o corpo devidamente hidratado. Para garantir isso, a nutricionista recomenda o consumo de bebidas isotônicas durante e após a prática de exercício.

"Para atletas, essa pode ser uma medida de hidratação interessante, porque o desgaste físico leva a uma perda de minerais e eletrólitos que podem ser repostos através dessas bebidas. Elas possuem em sua formulação uma quantidade de nutrientes importantes para auxiliar a repor a perda causada pela atividade física, mas não devem ser consumidas em grande quantidade ou no lugar da água, porque costumam ser calóricas e podem contribuir para o ganho de peso", finaliza Luciana.