Saúde

Sabe o que é microfisioterapia? Conheça a técnica que visa curar doenças

O método de tratamento manual busca estimular a auto-cura através de movimentos suaves

Revista ABM

A microfisioterapia é uma técnica de tratamento manual por meio de toques suaves e específicos, com o objetivo de estimular a auto-cura do organismo nos distúrbios corporais e emocionais.

Foto: Divulgação
Os especialistas dessa técnica, que surgiu na França em 1983, esclarecem que muitas das nossas dores e doenças se devem a pequenas disfunções que se acumulam durante a nossa vida e terminam por enfraquecer nosso organismo, deixando “cicatrizes” que atrapalham o funcionamento das células e ficam guardadas na memória do tecido por uma deficiência do sistema imunológico, que não consegue eliminar o agressor.

As disfunções podem ter causa em frustrações, perdas ou traumas que ocorreram em algum momento da vida, inclusive na gestação, ou até mesmo nas memórias hereditárias que carregamos.

E a microfisioterapia ajuda o corpo a se livrar destas “cicatrizes”, contribuindo para melhorar nosso estado de saúde e ajudar o organismo a eliminar os vestígios emocionais e traumáticos.

“Diariamente o nosso corpo luta contra agressões de todas as naturezas e intensidades, que podem ter ocorrência em vários fatores. Geralmente o nosso organismo autocorrige-se em silêncio, sem que percebamos. Contudo, a depender das infrações e de como foi recebida pelo organismo, o corpo pode reagir mal e o resultado pode ser uma dor, uma doença crônica, um mal estar”, explica a fisioterapeuta Caroline Magalhães, especialista em microfisioterapia.

Os especialistas garantem que muitos problemas de saúde têm possibilidade de cura através dessa técnica, que pode ajudar a tratar qualquer disfunção do corpo. Dentre os problemas mais procurados nos consultórios destacam-se:

• Insônia e distúrbios do sono
• Depressão, ansiedade, síndrome do pânico e fobias
• Dores musculares
• Cefaleias e enxaquecas
• Alergias, rinites, sinusites
• Traumas físicos e emocionais
• Fibromialgia
• Dificuldades de aprendizado, falta de atenção, hiperatividade, agressividade
• Disfunções digestivas, problemas urogenitais
• Disfunção hormonal, mau funcionamento dos órgãos
• Dificuldade de engravidar
• Tiques nervosos

A microfisioterapia tem como embasamento teórico os estudos da embriologia, filogênese e ontogênese que serviram como base para as informações dos mapas corporais e dos gestos manuais específicos que permitem identificar a causa primária de uma doença, ou disfunção, promovendo o equilíbrio, o bem estar e a manutenção da saúde.

E pode, e deve, ser realizada simultaneamente com outros tratamentos e equipe multidisciplinar com médicos, psicólogos, nutricionistas, dentistas, terapeutas e fonoaudiólogos, além de ser indicada como técnica preventiva, mesmo que você acredite não ter sintoma aparente para recorrer à terapia.


Segundo a fisioterapeuta, é frequente sofrermos agressões não perceptíveis por nós, mas que nosso organismo interpreta como agressão e guarda como uma memória.