Saúde

Saiba a importância de ioga e meditação no tratamento de diferentes condições

Especialistas afirmam que as técnicas apresentam benefícios concretos para um estilo de vida mais saudável

Redação Dino

O ritmo acelerado da vida pós-moderna traz, cada vez mais, impactos negativos à saúde da população global. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) estimam que, nesta década, a depressão será o maior motivo de afastamento do trabalho, e seus estudos apontam que o Brasil está no topo do ranking latino-americano.

Além da depressão, a ansiedade, a insônia e a má postura também são importantes reflexos da forma como o cidadão urbano vive atualmente. Dessa maneira, a busca por atividades que proporcionem benefícios mentais e físicos está em ascensão.

Especialistas observam que a ioga e a meditação estão entre as principais alternativas para quem busca corpo e mente saudáveis.

De acordo com o dr. Marcus Tulius Silva, neurologista do Complexo Hospitalar de Niterói (CHN), a explicação reside no hábito da prática. "Estudos médicos têm mostrado que os efeitos positivos da ioga estão relacionados, sobretudo, com os mecanismos de controle da pressão arterial e da frequência cardíaca alcançado com o exercício regular da filosofia, o que resulta diretamente em menor risco de doenças cardiovasculares, com indícios, inclusive, de que pode melhorar o fluxo sanguíneo cerebral e ajudar na prevenção da perda de memória.

"As ássanas, as conhecidas posturas preestabelecidas da ioga, proporcionam melhora significativa no aspecto corporal, aumentando a flexibilidade e ajudando em quadros de dor crônica, por exemplo. Determinadas ássanas podem, também, estimular o correto funcionamento do tubo digestivo e até de algumas glândulas, como a tireoide e a hipófise", complementa o dr. Marcus.

O especialista também destaca a meditação entre as atividades que mais trazem benefícios para o corpo e a mente. "Sobretudo para as doenças associadas à ansiedade, insônia e memória", comenta.

O médico ressalta que o propósito da ioga transcende o aspecto físico de suas famosas posições. "Grande parte das pessoas associa exclusivamente a prática da ioga às ássanas, mas essa prática vai muito além. A palavra ‘ioga’ significa união entre o físico, o mental e o espiritual. Essa atividade pode desenvolver o potencial infinito da mente e da alma dos praticantes", explica.

Para os interessados em adotar essas atividades no dia a dia e experimentar uma vida mais leve, o dr. Marcus Tulius aconselha: "O mais importante é querer começar; reservar de 40 a 60 minutos do dia para a prática, que pode ser feita isoladamente (há diversos aplicativos que demonstram como a técnica deve ser feita) ou em grupos, com professores habilitados.".

"Geralmente, a meditação é realizada logo pela manhã, ao acordar, quando os estímulos externos não são tão frequentes a ponto de nos distraírem. Cerca de 10 a 15 minutos já são suficientes e podem ser seguidos por mais 30 a 40 minutos da prática da ioga, com as ássanas escolhidas para aquele dia", finaliza o médico.