Saúde

Saúde: conheça seis benefícios ao consumir a salsa regularmente

Além de ser desintoxicante, o chá de salsa também ajuda a amenizar desconfortos menstruais

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Gostar de cozinhar? A salsa é um dos temperos mais utilizados para fazer uma boa comida. O que pouca gente sabe é que a erva além de saborosa é rica vitaminas, sais minerais e outras substâncias importantes para o corpo. Pensando nisso, a Taeq separou seis benefícios dessa hortaliça que você precisa conhecer. Confira: 

1. Salsa é rica em vitaminas A, C, E, do complexo B e antioxidantes

Muita gente não sabe, mas a salsa é uma planta medicinal rica em antioxidantes em especial a luteolina, um tipo de flavonoide que além de antioxidante, também atua como anti-inflamatório. A salsinha também é um ingrediente rico em vitamina C, fortalecendo o sistema imunológico.

Por ser fonte de vitaminas do complexo B, a salsinha também auxilia na saúde dos sistemas nervoso, cardiovascular e digestivo (principalmente por conta da vitamina B2, também conhecida como riboflavina). Já a vitamina A é ótima para prevenir doenças relacionadas à visão, enquanto a E se destaca pela atuação antioxidante, inibindo o envelhecimento celular.

2. Por ser rica em ferro, salsinha ajuda a prevenir a anemia

Você sabia que a salsinha também é muito indicada para o tratamento da anemia? Isso porque ela tem alto teor de ferro - um dos principais componentes da hemoglobina, responsável pelo transporte de oxigênio pelo sangue. Uma boa dica é abusar nesse tempero quando for preparar o feijão e também outros pratos no dia a dia. A salsinha também é ótima para receitas de massas, risotos, carnes, molhos, omeletes e pratos com frutos do mar. 

3. Tempero é rico em ácido fólico, substância importante para a saúde do cérebro

Outra vantagem da salsinha é que ela possui ácido fólico, também conhecido como vitamina B9. Essa substância está diretamente ligada à saúde do cérebro, auxiliando no funcionamento dos neurônios e no tratamento da depressão e de outros problemas emocionais. Além disso, assim como outras vitaminas do complexo B, o ácido fólico também fortalece os cabelos, unhas e pele. Junto com a vitamina C, essa substância também contribui para a eficácia do sistema imunológico, mantendo o organismo fortalecido.

4. Salsinha atua como diurético, combatendo a retenção de líquidos

A salsinha também faz parte do grupo "alimentos diuréticos": com alto teor de água na composição, eles ajudam a reduzir inchaços pelo corpo, pois combatem a retenção de líquidos. Alterações hormonais, deficiências alimentares (carência de algum nutriente, por exemplo) e inflamações são problemas que podem ocasionar inchaços. Neste caso, é sempre bom recorrer à salsinha e a outros alimentos diuréticos, tais como o alface, cenoura e frutas suculentas, como o melão e a melancia.

5. Alimento possui propriedades anti-inflamatórias e detox

Sabia que dá para fazer sucos e chás detox a partir da salsinha? Isso porque esse tempero também conta com substâncias desintoxicantes. Uma boa dica é fazer uma receita com limão, salsinha, gengibre e algumas folhas, como couve e alface. Essa combinação resulta em suco detox supereficiente. Além disso, a salsinha ajuda a combater focos de infecções, atuando como anti-inflamatório natural.

6. Chá de salsa ajuda a amenizar desconfortos menstruais

Além de ser desintoxicante, rico em vitaminas e antioxidantes, o chá de salsa também ajuda a amenizar desconfortos menstruais. Isso porque a erva possui a substância apiol, responsável por regularizar o período de menstruação, além de atenuar sintomas da menopausa. Mas os benefícios desse chá não param por aí: ele também combate infecções bacterianas e alivia sintomas da asma.