Saúde

Saúde e bem-estar: confira alimentos que estimulam a sensação de felicidade

Nutricionista lista as principais escolhas para ter uma alimentação completa e saudável

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O alimento não apenas agem como combustível metabólico para o corpo, mas também são benéficos para funções cerebrais, como humor e cognição. O responsável por isso é o triptofano, que representa um elemento essencial para o funcionamento do cérebro, devido ao seu papel como precursor da produção do neurotransmissor serotonina.

E é a serotonina que está envolvida na regulação do humor e da ansiedade. Quando está em um baio nível,  pode contribuir para o aumento da ansiedade e a depressão. Por isso, a nutricionista Adriana Stavro separou algumas sugestões de como ingerir triptofano e proporcionar uma boa saúde mental e bem estar ao corpo. Confira dicas abaixo:

Banana 
Rica em fibras, potássio e vitaminas.

Peixes 
Peixes como salmão, truta, sardinha, atum e arenque, aportam gorduras essenciais, como o ômega 3, que o corpo não consegue produzir, este protege a estrutura da membrana celular e os neurônios. Também fornecem proteínas, tirosina, ferro, zinco, vitaminas B6 e B12, todos nutrientes favoráveis ao cérebro.

Laticínios 
Leites, queijos e iogurtes são uma boa fonte de triptofano, cálcio e magnésio. Além disso, os iogurtes, em especial, aqueles que contêm probióticos, ajudam no equilíbrio da microbiota intestinal. O órgão é responsável pela produção de cerca de 90% a 95% da serotonina do corpo, mantê-lo em equilíbrio é importante para a saúde emocional.

Grão de bico 
Além de triptofano, está leguminosa tem alta concentração de vitaminas B6 e B9, que também atuam na produção de neurotransmissores relacionados ao bem estar.

Chocolate 70% 
O triptofano está presente nas sementes de cacau, por isso que, quanto mais amargo e cacau o doce tiver, mais benefícios ao nosso bem estar. Foi o que constatou um estudo divulgado na reunião anual da Experimental Biology 2018, em San Diego, na Califórnia. O consumo do chocolate amargo com 70% de cacau pode melhorar os níveis de humor, memória e imunidade. 

Mel 
O mel também é fonte de triptofano, com ação calmante que induz a uma sensação de bem-estar. O alimento produzido pelas abelhas ainda é fonte de fruto-oligos-sacarídeos, que ajudam a promover o equilíbrio das bactérias no trato gastrointestinal. O mel também colabora com uma melhor regulação neuroendócrina, favorecendo a sensação de prazer e a disposição.

Vitaminas do complexo B 
Especialmente as vitaminas B6 e a B12, são aliadas na produção de serotonina. São nutrientes importantes para pessoas idosas e, muitas vezes, uma suplementação com acompanhamento médico ou nutricional é indicada.

Magnésio 
Outro nutriente importante para equilibrar a produção de serotonina e que ainda ajuda a regular a função nervosa. Alguns alimentos fontes desse mineral são folhas verdes escuras, peixes, banana e feijão.

Além disso, a nutricionista indica que o o Sol também é um aliado, pois a vitamina D é um importante nutriente para a produção de serotonina e é sintetizada no organismo com a ajuda da luz solar. Há, inclusive, pessoas que sofrem de depressão sazonal, que as acomete nos meses mais frios. A recomendação de exposição ao sol é às 10h e depois das 16h.

[[saiba_mais]