Saúde

Sem perigo: confira seis dicas para evitar lesões durante exercícios em casa

Especialista explico como se exercitar no conforto do lar sem comprometer a saúde

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Em tempos de quarentena, muitas pessoas estão aproveitando o tempos livre em casa para realizar alguns exercícios. Porém, é preciso estar atento às execuções para evitar lesões, já que, muitas vezes, as atividades não são acompanhadas por um profissional. 

Foto: Reprodução

Para ajudar nesse assunto, o especialista em preparação física da Scelta Academia, Pérsio Schiapim, reuniu algumas recomendações importantes para quem quer se exercitar no conforto do lar, mas sem comprometer a saúde. Confira as dicas:

1 - Pérsio explica que é importante manter um espaço de treino livre e limpo para realização dos exercícios. “Lembre-se de afastar móveis e qualquer utensílio que estiver ao seu redor”, orienta. Também é preciso  avaliar se os exercícios propostos precisam ser adaptados ao seu ambiente residencial. “Talvez espaço físico ou o piso de sua residência podem não ser apropriados para determinados movimentos e seja necessário fazer ajustes”, completa.

2 - Outra recomendação é seguir a orientação de um profissional especialista e que seja de sua confiança. Em momentos de isolamento, as redes sociais ou plataformas de empresas sérias do setor podem ser uma boa opção para ter acesso a bons profissionais. Ele lembra que a rede ClassPass disponibiliza mais de duas mil horas de vídeo aulas gratuitamente por meio do ClassPass Live. 

3 - Além disso, o profissional reforça que muitos treinos online estão disponíveis agora. Antes de começar, no entanto, ele afirma que é preciso entender se o treino proposto é adequado para o seu nível e condicionamento físico atual. “Escolha treinos de acordo com seu perfil”, orienta.

4 - O especialista também recomentar ter muito cuidado com a qualidade dos acessórios que serão utilizados. Muitas pessoas correram para comprar acessórios sem testar ou aproveitam para usar equipamentos que estavam estocados em casa por muito tempo e que podem não estar próprios para uso.

Ele também sugere não adaptar muitos recursos como meio de sobrecarga no exercício. “Lembre que uma cadeira, por exemplo, pode não ter uma boa base para suportar a carga para determinados movimentos”, esclarece.

5 - Outra recomendação é não se esquecer de se aquecer sempre antes de iniciar qualquer atividade. Fique atento a postura durante o movimento e respeite as orientações recomendadas pelo profissional ou aplicativo escolhido.

6 - Por último, o preparador alerta para os cuidados com o volume de treino. Respeitar  intervalos de 24h ou 48h de recuperação entre as sessões é fundamental. “Não se esqueça de se hidratar e se alimentar adequadamente durante o dia. A falta de nutrientes pode causar mal-estar”, acrescenta.