Saúde

Sete tubérculos que você deve incluir no cardápio com urgência

Eles são vegetais subterrâneos - de formato arredondado ou ovalado - ricos em fibras, vitaminas e minerais indispensáveis

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Quer ter uma vida mais saudável? Escolha bem os alimentos de cada uma das suas refeições e não esqueça dos tubérculos. Eles são vegetais subterrânes - de formato arredondado ou ovalado - ricos em fibras, vitaminas e minerais indispensáveis. O portal Taeq listou sete tubérculos (seus benefícios e modos de consumo) que você deve incluir no cardápio com frequência. Confira a lista: 

Foto: reprodução / Pixabay

1. Batata: ela pode ser assada, cozida, frita (de preferência na airfryer), usada no preparo de purês, cozidos, ensopados e diversas receitas. A batata além de saborosa, é altamente nutritivo: fonte de fibras, potássio, fósforo, ferro, cálcio, vitaminas do complexo B e C. 

Vale destacar que existem diferentes tipos de batata: inglesa, doce, baroa, yacon, asterix, etc. Você pode variar bastante o cardápio com esse alimento. 

2. Cenoura: fonte de vitamina A, fibras, cálcio e fósforo. Além disso, ela é rica em betacaroteno (importante antioxidante), que ajuda na saúde da pele, dos cabelos e do sistema imunológico. Você pode usar a cenoura no preparo de saladas, sopas, suflês, smoothies, risotos, massas e até mesmo bolos e biscoitos. 

3. Beterraba: esse tubérculo tem alto teor de ferro, vitaminas do complexo B, C e, por isso, é ótimo para fortalecer a imunidade. Ela é muito usada no preparo de saladas e sopas. Você também pode preparar uma crepioca de beterraba (feita com ovos, goma de tapioca e beterraba) ou até usar como ingrediente de smoothies, bolos, geleias e molhos. 

4. Mandioca: também conhecida como aipim, é fonte de fibras, cálcio, potássio, carboidratos, vitamina C e outros nutrientes. A mandioca ajuda no funcionamento do sistema digestivo. Ela pode ser um acompanhamento em suas refeições ou ingredientes de variadas receitas - cremes, purês, sopas, saladas, bolinhos, escondidinhos, massas (como nhoque) e até biscoitos. 

5. Inhame:  é fonte de proteínas, carboidratos, fibras, vitaminas do complexo B, C, potássio, magnésio e fósforo - ou seja, fornece macro e micronutrientes que são indispensáveis para o organismo. Pode ser consumido 

no preparo de ensopados, saladas, maioneses, molhos e até refogados junto com outros tubérculos e legumes.

6. Cará: tem um alto teor de fibras e é fonte de diversos minerais e vitaminas. Ele pode ser usado no preparo de cremes, sopas, saladas, bolinhos e até massas (como nhoque). Vale a pena experimentar!

7. Rabanete:  além de versátil, esse também traz vários benefícios à saúde, pois atua como diurético natural, ajuda a hidratar o organismo e, além disso, tem alto teor de fibras e minerais. Pode ser usada no preparo de saladas, sopas, risotos, massas e até mesmo aperitivos (como canapés).