Saúde

Venda de drenagem linfática é proibida em sites de compra coletiva

Radiofrequência e aplicação de Manthus também estão na lista de veto. Medida foi publicada nesta quarta-feira pelo Diário Oficial da União

A venda de serviços de fisioterapia e terapia ocupacional está proibida em sites de compra coletiva, segundo resolução do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito) publicada nesta quarta-feira (24) no Diário Oficial da União. De acordo com nota do conselho, entre os tratamentos oferecidos pelos sites estão a drenagem linfática, radiofrequência e aplicação de Manthus.


Segundo a Resolução 391, de 18 de agosto de 2011, a oferta generalizada desses serviços pode fazer com que o usuário compre um tratamento sem prévia avaliação de um profissional da área, colocando em risco a saúde dos clientes. Em nota, o presidente do Coffito, Roberto Cepeda, disse que a proibição "é uma questão de saúde. O profissional deve fazer primeiro uma avaliação e, só depois, indicar o tratamento mais adequado."


Ainda segundo o conselho, a resolução leva em conta ser proibida a divulgação de preços dos atendimentos como forma de propaganda. Além disso, diz que a oferta dos serviços fisioterapêuticos e terapêuticos ocupacionais por meio de sites na internet fere normas do conselho. A punição para quem desrespeitar a resolução vai de advertência até a suspensão do exercício profissional.


Em nota, o site de compras coletivas Peixe Urbano informou que "se preocupa em seguir a legislação vigente”, por isso, vai seguir a determinação. “Passaremos a seguir também a nova resolução do Coffito em nível nacional.”


Ainda conforme a assessoria de imprensa do site, o Peixe Urbano nunca divulgou nenhum procedimento médico. O site informa ainda que está listando os tratamentos que devem ser retirados do catálogo. As informações são do G1.