Semana de Trânsito

Confira atitudes a serem tomadas em caso de acidentes de trânsito com vítimas

Acidentes considerados com vítimas são aqueles em que qualquer um dos envolvidos apresente lesões físicas, independentemente da gravidade

Especial de Conteúdo
- Atualizada em

Oferecimento
O Brasil possui uma média de acidentes de trânsito acima da mundial. No país, morrem, por ano, mais de 35 mil pessoas por essa causa. A Semana Nacional de Trânsito, que acontece de 18 a 25 de setembro, traz diversas ações para aumentar a conscientização e informação da população sobre um trânsito seguro.

Para reduzir o número de vítimas fatais, uma das informações necessárias para qualquer motorista é saber como proceder em caso de envolvimento nesse tipo de acidente ou até mesmo se apenas avistar uma situação desta.

No processo de retirar a primeira habilitação, na autoescola, é passada indicações básicas de como agir em acidentes de trânsito. No entanto, em um momento de tensão muitos não sabem como agir. Primeiramente, é importante entender o que são acidentes com vítimas. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, os acidentes considerados com vítimas são aqueles em que qualquer um dos envolvidos apresente lesões físicas, independentemente da gravidade.

Dito isso, vamos às medidas:

- Analisar o cenário
Após o acidente, antes mesmo de sair do carro, é preciso analisar o cenário e ver se ele oferece risco às vítimas e a si próprio. A recomendação vale também para um condutor que não tenha se envolvido no acidente, apenas avistado. É preciso ficar atento porque em algumas batidas há risco de fogo e explosões, por exemplo.

- Sinalização do local
É necessário sinalizar o local do acidente para que outros condutores entendam o que ocorreu e evitar um novo acidente. Utilize o triângulo e, se possível, o sinal de alerta do veículo.

- Não altere o local do ocorrido
Em um acidente com vítimas, é provável que uma perícia seja feita no lugar. Com isso, não se deve alterar o local do ocorrido, como remover os veículos do lugar.

- Primeiros socorros
Quando uma pessoa se fere em um acidente de trânsito, é indispensável solicitar socorro através de um contato com uma equipe de resgate. Em caso de acidentes em rodovias administradas pela ViaBahia - responsável por 680 quilômetros de rodovias dentro da Bahia - os telefones de atendimento são 0800 6000 116 e 0800 6000 324. Além da ViaBahia, é necessário ligar para SAMU (192) ou o corpo de bombeiros (193).

Lembre-se que mover deliberadamente a vítima pode causar algum trauma mais grave, por isso a importância da presença de profissionais da saúde no local. Procure conversar com a vítima, como forma de tentar garantir que ela não perca a consciência.

É importante ressaltar que deixar de prestar socorro à vítima quando envolvido em um acidente é considerado uma infração gravíssima. Se ficar comprovada a omissão, o condutor deverá pagar uma multa e poderá ter a CNH suspensa, além de ser considerada um crime de trânsito.

- Evite curiosidade
Se você avistar um acidente, evite reduzir a velocidade por curiosidade, já que isso pode acabar ocasionando outro acidente. Para ajudar no socorro às vítimas, encoste o carro em um local seguro e ligue para as emergências.

- Medidas administrativas
Um acidente de trânsito envolvendo vítimas exige que seja aberto um Boletim de Ocorrência ou Boletim de Acidente de Trânsito (BAT) - em caso de acidentes em rodovias federais. O BO pode ser registrado no local do acidente, com a autoridade policial. Já o BAT sempre deve ser registrado junto à Polícia Rodoviária Federal.

Semana de Trânsito ViaBahia
Com o tema, “No Trânsito, o sentido é a vida”, a ViaBahia Concessionária de Rodovias S/A iniciou na última quarta-feira (18), o conjunto de ações durante a Semana Nacional de Trânsito 2019.

As atividades serão realizadas nos postos da Polícia Rodoviária Federal (PRF) localizados em Simões Filho, Jequié, Vitória da Conquista e Feira de Santana e tem por objetivo conscientizar os usuários das rodovias para um trânsito cada vez mais seguro e humano.

Serão oferecidos aos usuários, de forma gratuita, acesso a palestras sobre os riscos ao volante, direção segura (com o projeto Cinema Rodoviário da PRF), perigos do alcoolismo, postura corporal, conscientização contra o tráfico de animais silvestres, oficina sobre o Estatuto da Criança e Adolescente, orientação psicológica, além dos cuidados com a saúde, com a realização de procedimentos diagnósticos de baixa complexidade (glicemia capilar), aferição de pressão arterial e medidas de peso, altura e circunferência abdominal, saúde bucal, orientação sobre as DSTs, dentre outros.