Transformação Digital

Realidade Aumentada gera impactos nas empresas e reflete na vida do consumidor

Potencialidades da AR são capazes de facilitar o processo de compras, por exemplo

Especial de Conteúdo

Imagine chegar ao supermercado, digitar em um aplicativo a marca de um produto, e ser informado sobre a exata localização dele e a distância que você está do objeto desejado. Este é apenas um exemplo das potencialidades da Realidade Aumentada (AR, da sigla em inglês Augmented Reality), tecnologia que ganha cada vez mais destaque no planejamento estratégico das empresas. Com as pessoas cada vez mais conectadas por meio dos dispositivos móveis, utilizar esta ferramenta para surpreender os consumidores pode ser um diferencial para o negócio.

A maioria dos novos modelos de smartphones já chega ao mercado dispondo de compatibilidade com a Realidade Aumentada. Por meio de câmeras acopladas e suportes como os smartphones ou óculos específicos, é possível visualizar, em determinado espaço físico, um elemento ou objeto digital através da tela do dispositivo.

Realidade Aumentada pode ajudar consumidores ao simular como o produto funcionaria (Foto: Reprodução)

“A Realidade Aumentada apresenta um conjunto de tecnologias capaz de proporcionar ao usuário uma experiência híbrida, mesclando elementos digitais em ambientes físicos”, explica Marcel Ayres, especialista em Comunicação e Cultura Digital e sócio da Hackel.

Um exemplo recente de muito sucesso foi o jogo para celulares Pokémon Go. Nele, o usuário apontava a câmera para um ambiente físico e visualizava, através da tela do aparelho, os personagens do jogo. “O uso dessa tecnologia não está disponível apenas no campo do entretenimento, mas também em simulações, indústria, setor imobiliário, saúde, educação, entre outros”, esclarece o especialista.

Inovações para consumidores
A AR é uma daquelas tecnologias que costumam ter um impacto muito positivo nos negócios e surpreender os consumidores. Isto porque ela pode gerar as inovações que os clientes buscam, trazendo significativas novidades à experiência de compra.

Uma das potencialidades da AR é guiar o consumidor até o produto que ele precisa ou busca. Outro exemplo, que já começa a ser pensado para o mercado, é a criação de uma versão 3D de um novo produto. Desta forma, o vendedor pode exibir todas as funcionalidades, mesmo sem estar com o produto em mãos. Isso certamente vai ajudar os clientes a entender melhor o lançamento e a se interessar pelas suas aplicações.

Utilizando-se da tecnologia, uma loja de roupas pode, por exemplo, permitir ao cliente testar modelos e experimentar os prediletos graças a algum aplicativo de AR. A mesma coisa pode ser feita em agências de viagem, que utilizam a tecnologia imersiva para simular a viagem para o consumidor.

“Muitas empresas estão usando as tecnologias de AR para ressignificar os espaços físicos através da inserção de novas camadas de informação, por meio dos elementos digitais”, contam Ayres. Isso vai permitir, por exemplo, que o cliente veja como o sofá que ele quer comprar ficará ao ser colocado na sua sala.

AR já é uma realidade
A aplicação da Realidade Aumentada nos negócios pode parecer uma promessa para o futuro, mas muita coisa já está em curso. Uma parceria entre o Facebook e a L’Oreal, por exemplo, vai utilizar a tecnologia para testes com produtos de beleza. O recurso será lançado no Instagram. Por meio da AR, será feita uma simulação realista de produtos de maquiagem, que poderão ser aplicados em qualquer rosto, em tempo real. Isso permitirá que o consumidor veja como ficará o resultado ao usar determinado cosmético e qual a melhor tonalidade que se encaixa em seu perfil.

Outro exemplo é encontrado no Museu de Arte Moderna (MoMA), localizado em Nova Iorque, alguns artistas independentes conseguem realizar exposições utilizando a tecnologia. Assim, quem visita o espaço sem o aplicativo necessário verá o museu habitual, mas aqueles que estão de posse do app AR  (de código aberto), terá acesso a uma variedade de novas obras.

Por que investir na tecnologia?
Além das tecnologias voltadas para o consumidor, a Realidade Aumentada também pode auxiliar e alavancar os processos das empresas em vários aspectos: melhora no rendimento das reuniões, na comunicação interna e também no relacionamento com o cliente.

E como isso vai impactar no negócio? As vendas serão otimizadas e há a possibilidade de aprimorar o conteúdo com novas informações em tempo real, além de gerar mais competitividade no mercado. A AR, por exemplo, permite a realização de uma orientação à distância dentro das empresas. E muitas delas já perceberam os benefícios. Por meio de óculos que utilizam a Realidade Aumentada, é possível fazer uploads de informações, como as que estão contidas em manuais de instrução.

Inclusive, a tecnologia é bastante útil quando ocorre alguma orientação ou treinamento e um membro da equipe não está presente. Utilizando um simulador de tarefas, o trabalhador pode executar uma função e ser orientado pelo profissional que está realizando o treinamento.