Festival de Verão

O Rappa faz último show da carreira, em Salvador, no FV; relembre passagens pelo evento

Banda já participou de 12 edições do evento em Salvador; neste ano, apresentação será no dia 16 de dezembro

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Nos 18 anos do Festival de Verão, O Rappa teve participação em 12 edições. A banda é uma das atrações que mais participaram do evento, que chega ao seu 19º ano. O grupo carioca vai subir ao FV 17, na Arena Fonte Nova, no dia 16 de dezembro, em clima de despedida. Este será o último show da banda em Salvador - eles farão uma pausa sem previsão de volta em fevereiro de 2018.

Foto: Eli Cruz/ iBahia

A história envolvendo O Rappa e o Festival de Verão é antiga. Ela começou em 2000, um ano após a criação do evento. Na época, o grupo divulgava o álbum "Lado B Lado A", lançado em 1999, com músicas como "Minha Alma (a paz que eu não quero)", "O Que Sobrou do Céu" e "Me Deixa".

Nos anos seguintes, a banda, que mescla reggae e rock, fizeram várias apresentações sempre lotando o espaço do palco principal. Em 2001, ela fez um show histórico, após sofrer retaliação e ser retirada da grade do Rock in Rio do mesmo ano. Em apoio, outras cinco bandas brasileiras deixaram o evento e se apresentaram no FV, foram elas Skank, O Rappa, Jota Quest, Cidade Negra, Raimundos e Charlie Brown Jr.

Três anos depois, o grupo fez uma homenagem ao Ile Aye, interpretou o clássico "Que bloco é esse?" e levou o público ao delírio.

Já no ano passado, Marcelo Falcão surpreendeu o público ao levar Igor Kannário ao palco do evento, que pela primeira vez foi realizado na Arena Fonte Nova. O convidado chegou a ser vaiado por uma parte do público e o vocalista da banda, então, deu seu recado sobre preconceito.

Confira alguns vídeos da trajetória do grupo no FV: