Viver Cabula

Entenda por quê o Cabula é bairro ideal para universitários

Bairro concentra diversidade de instituições de ensino

Especial de Conteúdo
- Atualizada em

Oferecimento

O número de jovens nas universidades brasileiras tem aumentado a cada ano. Segundo o Mapa do Ensino Superior no Brasil 2016, apenas na Bahia, o ensino superior privado obteve nos seis últimos anos um crescimento de 42% em relação ao número de matrículas. O setor público apresentou também um bom aumento de 28%.

Em tempos em que o ensino superior tem se tornado uma realidade cada vez mais presente na vida dos baianos, possuir uma universidade próxima se torna um diferencial para os novos empreendimentos. Situado na região central de Salvador, o Cabula oferece uma série de atrativos para as pessoas que moram naquele bairro, como a presença de diversas universidades. Além disso, o bairro está próximo de outras instituições que ficam localizadas no entorno do Cabula.

A chegada das instituições de ensino superior ao Cabula começou ainda em 1983, com a instalação do principal campus da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), no começo da Rua Silveira Martins. No campus do Cabula está localizado os Departamentos de Educação, de Ciências Exatas e da Terra, de Ciências Humanas e de Ciências da Vida. É também o maior campus da principal universidade estadual baiana.

Foto: Divulgação

No total, a Uneb oferece mais de 150 opções de cursos, habilitações nas modalidades presenciais e de educação à distância (EaD), em graduação e em pós-graduação. Além disso, para os que já concluíram a sua gradação, a universidade tem aumentado ainda mais a disponibilidade de cursos de mestrado e doutorado. Alguns dos cursos oferecidos pela Uneb em Salvador são: Direito, Relações Públicas, Psicologia, Química, Pedagogia, Nutrição, Medicina, Enfermagem, História, Farmácia, Engenharia de Produção Civil, Ciências Contábeis e Letras.

Mas a Uneb não é a única universidade presente no bairro. Também na Rua Silveira Martins está situado um dos campi da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Com 60 mil m², a Unidade Acadêmica Cabula possui uma estrutura moderna, três pavilhões de aulas, laboratórios de pesquisa, centro de convivência, auditório e a unidade odontológica do Ambulatório Docente-Assistencial. As atividades de recepção de novos alunos acontecem nesse campus.

Avenida Paralela

Mas essas não são as únicas opções de instituições do ensino superior presentes nas proximidades do bairro. A Rua Silveira Martins tem saída para a Avenida Paralela – uma das principais da cidade. Ao longo da Avenida Paralela, é possível encontrar muitas opções de universidades. Uma delas é o Centro Universitário Jorge Amado (UniJorge), que possui mais de 30 cursos de graduação, graduação EAD, graduação tecnológica, além de cursos de extensão e pós-graduação.



Próxima à UniJorge está localizada a Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC). A Rede FTC oferece opções de graduação em todas as áreas do conhecimento, dentre eles habilitações em Administração, Odontologia, Nutrição, Direito, Medicina, Medicina Veterinária e Engenharia. Na Avenida Jorge Amado, localizada no Imbuí, há a opção para o estudante se matricular no Instituto Baiano de Ensino Superior (Ibes) – também uma universidade privada.

Mais próximas da entrada do Cabula, estão localizadas duas universidades importantes da capital baiana: a Ruy Barbosa e a Área 1, ambas pertencentes ao Grupo DeVry. No campus da Paralela da Faculdade Ruy Barbosa há laboratório de Práticas de Enfermagem, Núcleo de Práticas Jurídicas, Núcleo de Práticas Gerenciais e Clínicas de Saúde para atendimento à população. Ao lado dela, está situado o campus Paralela da Área 1, que oferece 95 salas de aula, laboratórios de Química, Física, Eletrônica, Desenho e Informática.