Xô Mosquito

Ações simples podem acabar com os focos do mosquito da dengue, zika e Chikungunya

É a partir da água parada que o mosquito se prolifera, por isso, é necessário evitar o acúmulo de água, em qualquer época do ano

Especial de Conteúdo
- Atualizada em

Oferecimento
A dengue, a Chikungunya e a zika são arboviroses transmitidas pela picada do mosquito Aedes aegypti. Ainda não existe vacina ou medicamentos específicos contra as três doenças que podem deixar graves sequelas ou até ser fatais. Portanto, a única forma de prevenção é acabar com o mosquito. 

Tanto os casos de dengue quanto os de zika e chikungunya podem ser diminuídos com ações simples no dia a dia, mas isto depende da cooperação de todos, estado e população. 

É essencial que as pessoas reforcem as medidas de eliminação de criadouros de mosquitos nas suas casas e vizinhanças. E como fazer isso?  

É a partir da água parada que o mosquito se prolifera, por isso, é necessário evitar o acúmulo de água, em qualquer época do ano. Em sua casa, mantenha bem tampados caixas, tonéis e barris de água, além de lixeiras e sacos plásticos. E se for guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha-as sempre com a boca para baixo.

- Água da chuva na laje. Não deixe que acumule na laje e calhas entupidas. 

- Lixos em terrenos baldios, que podem ser focos de criadouros de mosquitos. Não faça esse tipo de descarte.

- Pratinhos ou vasos de plantas. É necessário enchê-los até a borda.

- Pneus velhos. Se for guarda-los, retire a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.

- Recipientes de água. Lave-os com frequência, com água e sabão, pelo menos uma vez na semana. O mesmo vale para vasos de plantas aquáticas.

- Piscinas. Elas devem ser sempre limpas e cloradas.