Xô Mosquito

Conheça os mitos e verdades sobre o aedes aegypti e as doenças transmitidas por ele

As três doenças são um problema real no Brasil e, por isso, estar bem informado é essencial no combate a essas arboviroses

Especial de Conteúdo

Oferecimento
Quando nos deparamos com alguma doença, uma das nossas principais armas é a informação. Quanto mais soubermos como evitar a transmissão, identificar os sintomas e o que fazer, mais estaremos protegidos. Com as doenças transmitidas pelo mosquito aedes aegytipi não é diferente. 

Através da picada do mosquito, podemos ser contaminados com dengue, Chikungunya e zika. As três doenças são um problema real no Brasil e, por isso, estar bem informado é essencial no combate a essas arboviroses. 


A população é parte essencial no combate ao mosquito, já que a maioria dos focos está nas próprias residências. Para ser um agente de controle das doenças, confira abaixo o que é mito e o que é verdade sobre o aedes agytipi e as doenças transmitidas por ele:

Dengue, Chikungunya e zika têm o mesmo sintoma:

Mito! As três doenças são muito parecidas e podem ser confundidas, entretanto, existem diferenças no quadro clínico que podem ajudar na distinção. 


O primeiro sintoma da dengue é a febre alta, entre 39º e 40º C. Tem início repentino e geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira no corpo. Pode haver perda de peso, náuseas e vômitos.

Já a Chikungunya apresenta sintomas como febre alta, dor muscular e nas articulações, dor de cabeça e exantema (erupção na pele), que costumam durar de 3 a 10 dias.

E a zika tem como principal sintoma o exantema (erupção na pele) com coceira, febre baixa (ou ausência de febre), conjuntivite (olhos vermelhos sem secreção ou coceira), dor nas articulações, dor nos músculos e dor de cabeça. Normalmente os sintomas desaparecem após 3 a 7 dias.

Combate ao mosquito é a única forma de eliminar as doenças:

Verdade! A única forma de evitar essas três doenças é com o combate do mosquito, através da eliminação dos criadouros destes insetos nas casas, no trabalho e nas áreas públicas. Uma tarefa de todos. 

Uso de repelente é recomendado para evitar a picada do mosquito:

Verdade! Os repelentes afastam o mosquito do ambiente, consequentemente, da nossa pele, evitando a picada. É preciso ficar atento ao uso apenas de repelentes recomendados pela Anvisa. O mesmo vale para inseticidas, que são indicados para matar mosquitos adultos.

Entre as três doenças, a dengue é a menos preocupante:

Mito! A dengue é a mais preocupante devido às complicações agudas e possibilidade de hemorragias graves. As complicações ocorrem quanto a febre começa a ceder e existem alguns sinais de alarme, que devem levar a pessoa a procurar uma unidade de emergência: vômitos persistentes, dor abdominal e sangramentos.

Qualquer picada do mosquito transmite o vírus?

Mito! Para transmitir a doença, o mosquito precisa estar contaminado. A fêmea – só a fêmea é transmissora - contaminada transmite o vírus da dengue para o ser humano. 

Hidratação ajuda no tratamento da dengue:

Verdade! A hidratação é fundamental para o tratamento da doença. É importante a ingestão por via oral, de líquidos como água e suco. A aplicação de soro na veia é um recurso apenas usado em casos graves.