Trânsito

Avenida Pinto de Aguiar terá seis faixas de tráfego e ciclovia

Projeto prevê ainda a duplicação das avenidas Gal Costa e Orlando Gomes

Da Redação
Publicada em Atualizada em

A Avenida Pinto de Aguiar, no bairro de Pituaçu, em Salvador, terá seis faixas de rolamento de tráfego, três por sentido. O governo do estado anunciou nesta quarta-feira (13) que a via também vai ganhar uma ciclovia e passeios nos seus 3,5 quilômetros de extensão.


A Pinto de Aguiar, que interliga as avenidas Luiz Viana (Paralela) e Octávio Mangabeira, será uma das vias alimentadoras do Sistema Metroviário (Linha 2), previsto para a Paralela. Serão investidos R$ 70 milhões, incluindo neste montante os recursos destinados a desapropriações.


As obras da avendia serão realizadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), empresa vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), e encontram-se em fase de licitação com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) através do Pro-Investe. O prazo de execução está fixado em 12 meses, segundo a Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom).


Projetos de mobilidade

No último dia 6, o governo baiano iniciou o processo de licitação para obras nas avenidas Luís Eduardo Magalhães e Paralela. A previsão é de que os projetos de mobilidade comecem ainda este ano.


Na av. Luís Eduardo Magalhães, serão construídas duas alças de ligação com a BR-324. Uma dará acesso à rodovia e outra à avenida. Um retorno para quem está na avenida e um acesso à estação de integração do metrô também serão construídos. As obras na avenida estão orçadas em R$ 8,5 milhões e devem durar seis meses.


Outra obra de mobilidade é a construção de um viaduto orçado em R$ 15 milhões em Narandiba. A expectativa é que a obra facilite o acesso aos bairros de Narandiba, Cabula, Tancredo Neves e Engomadeira, melhorando assim o trânsito na avenida Paralela. Esta obra deve durar 10 meses.


O início das obras depende do processo de licitação - a expectativa é que comecem até o fim de maio.


Além da Pinto de Aguiar, o projeto prevê ainda a duplicação das avenidas Gal Costa e Orlando Gomes, e as construções da avenida 29 de Março e da ligação Lobato-Pirajá, também ainda este ano. As obras estão orçadas em mais de 900 milhões de reais e parte do dinheiro deve vir do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).


A segunda etapa do PAC 2 foi lançada hoje em Brasília e a Bahia confirmou que terá à disposição R$ 543 milhões em verbas do programa. As áreas de saneamento, mobilidade e pavimentação serão auxiliadas com o dinheiro.


Matéria original Correio 24h

Avenida Pinto de Aguiar terá seis faixas de tráfego e ciclovia

Comentários
Veja Mais