Brasil

Eva Todor morre aos 98 anos

Atriz faleceu em casa, onde recebia cuidados

Redação do Correio 24 Horas
- Atualizada em

A atriz Eva Todor faleceu na manhã deste domingo (10), aos 98 anos, de pneumonia. Com mais de 80 anos de carreira no teatro e na televisão, ela será cremada e seu velório será realizado nesta segunda-feira (10) no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, de acordo com seus familiares. 

Há alguns anos, Eva sofria com Doença de Parkinson e vivia reclusa em sua casa. Seu último trabalho na TV foi na novela Salve Jorge de Glória Perez. Desde setembro, a atriz estava em internação domiciliar. A atriz era viúva e não tinha filhos. 


Eva Fódor Nolding, seu nome de batismo, era húngara e veio para o Brasil com seus pais ainda quando criança, fungindo das dificuldades depois da guerra. Começou a brilhar no teatro na década de 1930 e adotou o Todor, uma versão aportuguesada de seu nome. 

Começou a fazer cinema na década de 1960, estreando em um filme de Carlos Manga, “Os Dois Ladrões”, atuando ao lado de Oscarito. Logo em seguida foi contratada pela TV Tupi. Estreou na Globo em 1977 na novela de Cassiano Gabus Mendes, Locomotivas.  

Em entrevista ao site Memória Globo, ela chegou a comentar: “Posso ser vaidosa? Pretensiosa? Avalio minha carreira brilhante, longa, sem tropeços, sem desastre, contínua, respeitada, com prestígio aqui e além-mar. Tudo o que eu tenho, conquistei com teatro e ajudada pela televisão", pontuou.