Brasil

Homem usa a filha de 8 anos como escudo no momento da prisão

João Felipe colocou a filha entre ele e os agentes para evitar a prisão

Agência O Globo

Agentes da Divisão de Homicídios (DH) da Capital prenderam, na manhã desta segunda-feira, o suspeito João Felipe Machado Camilletti, conhecido como Batata, de 30 anos, contra quem havia quatro mandados de prisão. Segundo os policiais que efetuaram a captura, João Felipe usou a própria filha, de 8 anos, como escudo no momento da prisão. Por conta disso, ele também foi autuado por expor sua criança a constrangimento.

João Felipe foi preso na Praça Seca Foto: Divulgação/Polícia Civil

O suspeito foi preso em Praça Seca, no Rio de Janeiro. Contra ele, havia mandados pendentes pelos crimes de roubo qualificado e tráfico de drogas, ambos praticados na região do bairro do Andaraí, na Zona Norte, e adjacências.

No momento da captura, segundo os policiais da DH, João Felipe colocou a filha entre ele e os agentes, numa atitude desesperada para evitar a prisão. Diante disso, os policiais o autuaram em flagrante pelo crime previsto no artigo 232 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que consiste em "submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento." A pena prevista é de seis meses a dois anos.