Futebol

Oito brasileiros estão na lista dos 20 mais bem pagos da China

Argentino Tevez, que trocou o Boca Juniors pelo Shanghai Shenhua, é o mais bem pago não apenas da China, como do mundo

Redação Correio 24 horas (redacao@correio24horas.com.br)

Já não é novidade que os super salários da China têm alterado a geografia do futebol, levando os craques para o Oriente. Mas você tem noção de quanto um time chinês está disposto a pagar por um grande jogador? O site Finance Football, especializado nos assuntos financeiros do esporte mais popular do mundo, ranqueou os 20 jogadores mais bem pagos da China. E tem oito brasileiros na lista.

No topo da lista está um argentino. Tevez trocou o Boca Juniors pelo Shanghai Shenhua nos últimos dias de dezembro por uma boa razão: 37,5 milhões de euros anuais, o que na cotação atual equivalem a R$ 126,3 milhões por ano. Aos 32 anos, ele será o jogador mais bem pago do mundo, acima até de Cristiano Ronaldo e Messi. Está confuso com os números? É compreensível. São R$ 2,4 milhões por semana.

O brasileiro Oscar é outro que trocou o alto rendimento pelos cifrões. Deixou o Chelsea, atual líder do Campeonato Inglês, e partiu para o Shanghai SIPG, onde será o segundo mais bem pago do país e quarto do mundo, atrás somente do trio citado acima. Salário: 24,4 milhões de euros por ano.

No top 20 divulgado pela France Football, aparecem ainda os brasileiros Hulk (3º), Ramires (8º), Alex Teixeira (10º), Paulinho (13º), Renato Augusto (14º), Elkeson (17º) e Jadson (18º). Oscar, Hulk e Elkeson jogam no mesmo time. Já o argentino Conca, que ocupa o 12º lugar entre os mais bem pagos da China, passará 2017 emprestado ao Flamengo.

O atacante Marinho, do Vitória, que está em fase final de negociação com o Changchun Yatai, não apareceria na lista mesmo que a negociação já estivesse concretizada. Aliás, passaria longe. Embora os vencimentos do jogador na China não tenham sido divulgados, especula-se que serão de 2,5 milhões de euros anuais. É menos da metade do 20º colocado, o atacante nigeriano Obafemi Martins.

Veja Mais