Música

Ricardo Castro é uma das personalidades culturais do ano, segundo premiação da Bravo!

Com o tema "Cultura para Mais Gente", o 7º Prêmio Bravo! acontece no dia 4 de outubro

Emília Oliveira (emilia.oliveira@redebahia.com.br)
- Atualizada em

O maestro baiano Ricardo Castro é um dos indicados ao 7º Prêmio Bravo! na categoria "Personalidade Cultural do Ano". O artista disputa o troféu com os renomados Heitor Martins, presidente da Fundação Bienal de São Paulo, e Regina Bertola, idealizadora da companhia Ponto de Partida. O prêmio homenageia os artistas que mais se destacaram no período que vai de agosto de 2010 a julho de 2011.


Ricardo Castro é natural de Vitória da Conquista e começou a tocar piano com três anos de idade. Aos cinco anos foi admitido em caráter excepcional nos Seminários de Música de Salvador, famosa escola que hoje faz parte da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Desde 2007, ele coordena o Neojibá (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia), projeto de educação musical que forma músicos entre 12 e 25 anos.


Premiação - Com o tema "Cultura para Mais Gente", o 7º Prêmio Bravo! acontece no dia 4 de outubro, no Auditório Ibirapuera. A eleição dos finalistas e vencedores é feita por sete comissões julgadoras, formadas por críticos, artistas e pesquisadores. O internauta também participa da seleção. Na categoria Artista Prime do Ano, o vencedor é escolhido por votação popular, que acontece até o dia 19 de setembro. Em 2011, concorrem o diretor de cinema José Padilha, o ator Marco Nanini, o artista plástico Carlito Carvalhosa, o cartunista Laerte, o poeta Ferreira Gullar e o compositor Chico Buarque.Notícias relacionadas:
Neojiba abre 14 vagas para músicos com até 23 anos

Veja Mais