Nem Te Conto

Publicada em 19/03/2013 às 09h04. Atualizada em 19/03/2013 às 15h50

Vazou na web: imagens íntimas de galã de Salve Jorge caem na rede


Murilo Rosa ficou sabendo do vazamento das imagens através de uma mensagem de texto no celular. Vídeo seria recente, gravado por ele com a esposa


Da Redação
publicidade

Caíram na internet supostas imagens íntimas do ator Murilo Rosa, que interpreta o capitão Élcio na novela "Salve Jorge, exibindo os seus atributos na webcam. De acordo com o colunista Leo Dias, na sequência das fotos extraídas de um vídeo capturado por uma webcam, o ator mostra o seu peitoral e o pênis.



O advogado do ator, Ricardo Brajterman, negou a veracidade das imagens. Para o colunista, o representante legal disse que tudo não passou de "uma grosseira montagem com muita maldade afim de denegrir a imagem de Murilo, que tomou conhecimento deste lamentável acontecimento na sexta-feira. Na ocasião, registramos queixa na 14ª delegacia de polícia. E ontem, na de crimes virtuais. As pessoas que fizeram a montagem tosca já estão sendo identificadas e responderão na área cível e criminal".

Já para o colunista Ancelmo Gois, no jornal O Globo, o ator afirmou estar indignado com a divulgação dessas imagens. O ator, que é casado com a modelo Fernanda Tavares desde 2007, teria gravado o vídeo com a mulher recentemente.  

As supostas imagens íntimas do ator teriam sido gravadas recentemente

"Estou indignado. Foi um crime contra a minha privacidade e a da minha mulher, num ambiente familiar. Não vou sossegar enquanto não descobrir o responsável por essa ameaça", disse o ator para o colunista do Globo. Murilo descobriu o vazamento das imagens depois de receber uma mensagem de texto no celular e um telefone chantageando-o.   

Lei 'Carolina Dieckmann': Senado aprova Projeto de Crimes Cibernéticos
O plenário do Senado aprovou em outubro de 2012 o chamado Projeto de Crimes Cibernéticos, que tipifica os crimes praticados por meios eletrônicos e pela internet. A matéria trata de temas como a invasão de computadores, o roubo de senhas e de conteúdos de e-mails, a derrubada proposital de sites, entre outros. De acordo com o Globo, a proposta foi batizada de “Lei Carolina Dieckmann”, já que a atriz teve fotos roubadas de seu arquivo pessoal e divulgadas na internet.

As penas variam de três meses a dois anos de prisão, a depender da gravidade do caso. Os culpados podem ter a pena aumentada se tiverem agravantes como obter benefícios financeiros ou invadir dados de autoridades como o presidente da República ou de um dos Poderes.

A venda de programas ou dispositivos que facilitem a invasão de computadores ou locais privados na internet, como e-mails, também configura agravante que pode aumentar a pena final. A ideia é garantir o máximo de tipificação para práticas danosas por meios eletrônicos que até hoje não configuravam crimes.

Segundo a Agência Brasil, a matéria recebeu alterações em relação ao texto da Câmara na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado. Por isso, precisará retornar para revisão final na casa original antes de seguir para sanção presidencial.

Matéria original: Correio 24
Vazou na web: imagens íntimas de galã de Salve Jorge caem na rede





Tags: Caiu na rede, Vazou na web, imagens íntimas, galã, Salve Jorge, Murílo Rosa
{{ commentsTitle }}
Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ao comentar o autor da mensagem esta aceitando os Termos e Condições de Uso.
{{comment.username}} {{comment.creation_tstamp*1000 | date:'dd/MM/yyyy - HH:mm'}}
{{comment.comment}}
  • {{comment.dislike_count | number}}
Comentário aguardando moderação