Festival da Virada

Virada 2019 deve continuar na Boca do Rio, diz Neto

Segundo prefeito, decisão da mudança foi acertada e espaço mais amplo colaborou para clima pacífico da festa

Carol Aquino, do Correio 24h

O Festival da Virada deve continuar na Boca do Rio entre 2018 e 2019, segundo revelou o prefeito ACM Neto durante coletiva à imprensa na noite deste domingo (31). “O próximo ano deve ser aqui de novo (a virada), a menos que eu não seja o prefeito e Bruno Reis decida mudar”, disse, aos risos.

Foto: Gabriela Cruz/CORREIO
O gestor revelou que o espaço amplo colaborou para o clima pacífico, sem incidentes graves. Isso teria colaborado, inclusive, para a grande presença de famílias na festa. O resultado para o trade turístico e os patrocinadores também foi satisfatório, na avaliação do gestor. “Estamos com quase 100% de ocupação. É um recorde para Salvador (o número de turistas e ocupação de leitos). Batemos todas as metas possíveis”, comemorou. Ele apontou ainda o ineditismo das duas viradas e o fato de ser o último show de Ivete antes do parto das filhas gêmeas.

Neto sinalizou que já começou, junto com sua equipe, a pensar em melhorias para os festejos do próximo ano. “A gente vai pensar numa estratégia para diminuir a retenção que existe nas revistas,  mas é claro que quando você tem muita gente num mesmo espaço, acaba tendo uma retenção”, sinalizou. O prefeito acrescentou que o transporte público funcionou bem e que não houve grandes retenções no trânsito, o que era uma grande preocupação.

Segundo ele, a Prefeitura descobriu um novo espaço para grandes eventos a céu aberto na cidade e pontuou que até mesmo empresários de eventos já sinalizaram para ele que tem interesse na área.

Política
Quando perguntado se será candidato a governador da Bahia em 2018, Neto desconversou. Falou que ainda não é época de pensar nisso e que deve voltar a tocar no assunto depois “das lavagens e do Carnaval”. Porém deixou escapar que esta é uma possibilidade real.

Neto disse que na sua tradicional ida à Igreja do Bonfim no 31 de dezembro para agradecer pelo ano que passou, focou em pedir paz, saúde para si próprio, a família, amigos, colaboradores  e para a cidade. “Peço equilíbrio para tomar as decisões certas. Não peço para ganhar eleição, não peço para derrotar ninguém”, contou. Apesar de anos eleitorais serem mais parados, Neto garantiu que 2018 será um ano de muito trabalho. “Em janeiro, fevereiro e março, a agenda está lotada. Vai ser quase um evento por dia”, assegurou.