E. C. Vitória

Direção do Vitória lamenta morte de Alex Alves através de nota

"Lamento e quero, em nome do clube, transmitir aos seus familiares o mais profundo pesar", disse o presidente Alexi Portela

Da Redação (esportes@portalibahia.com.br)
Publicada em Atualizada em

A diretoria do Vitória lamentou o falecimento do jogador Alex Alves, que lutava contra leucemia, nesta terça-feira (14). O clube publicou no site oficial uma nota solidarizando-se com os familiares do craque revelado pelo clube nos anos 90. O craque se destacou no Brasileirão de 1993, quando o Leão foi vice-campeão nacional.


"Com tristeza recebi a notícia. Alex Alves sempre teve um carinho especial pelo Vitória e mesmo depois que se transferiu para o futebol europeu manteve este laço de amizade. Lamento e quero, em nome do clube, transmitir aos seus familiares o mais profundo pesar", disse o presidente Alexi Portela Júnior na nota.Leia mais

Morre aos 37 anos o jogador Alex Alves, craque do Vitória nos anos 90

Dirigentes, clubes e ex-jogadores lamentam morte de Alex Alves; vejaLeia o texto na íntegra

Adeus, Alex Alves

Vitória lamenta a morte de ex-jogador reveladol pelo clube


A diretoria do EC Vitória, por seu presidente Alexi Portela Júnior, solidariza-se com os familiares do ex-jogador Alex Alves, que morreu nesta quarta-feira, pela manhã, vítima de leucemia.


Atleta revelado nas divisões de base do clube, Alex Alves teve uma carreira de sucesso no Vitória, fazendo parte do time vice-campeão brasileiro de 1993, sendo um dos destaques do rubro-negro ao lado do goleiro Dida, do volante Vampeta e do meia Paulo Isidoro, também revelados pelo clube.


"Com tristeza recebi a notícia. Alex Alves sempre teve um carinho especial pelo Vitória e mesmo depois que se transferiu para o futebol europeu manteve este laço de amizade. Lamento e quero, em nome do clube, transmitir aos seus familiares o mais profundo pesar", disse o presidente Alexi Portela Júnior.


Alex Alves chegou ao Vitória com 12 anos de idade e depois do sucesso na campanha de 93, foi negociado ao Cruzeiro, de Belo Horizonte, e, posteriormente, teve o passe vendido para o Hertha Berlim, da Alemanha.


Alex Alves morreu no Hospital Amaral Carvalho, em Jaú (SP), e no mês de outubro havia passado por um transplante de medula óssea, graças à doação realizada por um dos seus familiares. O ex-jogador tinha 37 anos.


A família não divulgou o local do sepultamento do corpo do ex-jogador, um dos maiores ídolos da torcida rubro-negra.

Comentários