E. C. Bahia

Eduardo segue como dúvida para jogo contra o Fortaleza

Lateral sentiu dor abdominal e ainda passa por tratamento

Redação do Correio 24 Horas

O lateral-direito Eduardo ainda não sabe se poderá jogar no último confronto da primeira fase da Copa do Nordeste, quarta-feira (22), contra o Fortaleza, na Fonte Nova. O jogador já ficou fora do jogo passado, diante do Galícia, no sábado (18). Eduardo se queixa de dor abdominal.

De acordo com o tricolor, o lateral foi atendido ao se queixar de dor, mas foi medicado e liberado. Caso não se sinta disposto e não esteja totalmente recuperado, ele será substituído novamente por Wellington Silva. O lateral deve ser avaliado novamente na terça-feira (21).


Caso seja necessário contar com o substituto de Eduardo, ele garante que está pronto para calçar as chuteiras e ir a campo. "Eu estava agoniado conversando com a minha esposa. Não queria ficar em casa, queria jogar, fazer alguma coisa. Já tinha ido para o banco contra o Conquista e o Paraná. Estava louco para jogar. Na sexta-feira, eu soube da notícia que ia jogar. Fiquei muito feliz. Espero fazer muitos jogos, bater mais um recorde e fazer mais um belo ano aqui com o Bahia", disse ele, que no ano passado chegou ao recorde da sua carreira e atuou em 59 jogos pelo Fluminense.

Apesar da empolgação, Wellington Silva admite sua limitação atual. "Hoje sou reserva, pois estou abaixo. Estou abaixo fisicamente, tecnicamente, preciso de ritmo pois estava parado. Vou tentar conseguir minha vaga nos treinamentos e nos jogos. Respeito muito o Eduardo e é uma dor de cabeça boa para o Guto", explicou. Em janeiro, quando chegou ao Bahia, ele sofreu uma inflamação no  joelho.