Mundo

Homem morre no sofá de casa após ser expulso da cama pela esposa

Ele trabalhava 16 horas por dia, sete dias na semana, só para economizar e nos levar à Disney todo ano. Ele faria qualquer coisa para nos ver sorrindo", desabafou Ashley

Agência O Globo

Remorso. Este é o sentimento que toma conta de Ashley Murrell.

Na noite de 16 de maio, e a britânica de Wellington (Inglaterra) teve uma dura discussão com o marido, Mikey, de 36 anos. Irritada, Ashley expulsou o companheiro da cama.

Mikey foi dormir no sofá da sala. No dia seguinte, Ashley encontrou o marido morto, deitado no mesmo sofá.

Foto: Reprodução

"Eu me senti tão culpada! Fiquei com raiva de mim mesma por tê-lo feito dormir no sofá. Ainda é duro pensar que as minhas últimas palavras para ele foram de ira", contou a britânica, em reportagem publicada no "Metro".

"Ele chegou tão exausto em casa naquela noite que eu fiquei com raiva, não podia mais vê-lo assim. Estava cansada daquilo. Eu o mandei ao sofá quando queria, na verdade, tê-lo mais perto de mim", acrescentou.

Ashley e Mikey se casaram em 2010 e tiveram três filhos.

De acordo com legista, Mikey morreu sufocado enquanto dormia. A causa, entretanto, é inconclusiva.

"Ele trabalhava 16 horas por dia, sete dias na semana, só para economizar e nos levar à Disney todo ano. Ele faria qualquer coisa para nos ver sorrindo", desabafou Ashley.

Foto: Reprodução

Ashley não sabia que Mikey estava trabalhando ainda mais para levá-la a Praga (República Tcheca) em julho, a fim de comemorar o aniversário de casamento.

Veja Mais