Brasil

Jovem descobre gravidez ao dar à luz e PMs auxiliam parto

Cabos da polícia foram abordados por vizinhos da gestante enquanto realizavam patrulhamento

Agência O Globo
- Atualizada em

Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, realizaram o parto de uma moradora da comunidade, na manhã desta sexta-feira. Os cabos Rafael Souza e Gabriel Casemiro foram abordados por vizinhos da gestante enquanto realizavam patrulhamento na localidade conhecida como Caratê. A jovem não sabia da gravidez até o momento em que entrou em trabalho de parto.

Policiais auxiliaram o parto da jovem (Foto: Divulgação/UPP)
De acordo com o PM Rafael Souza, de 29 anos, ele o colega realizam rondas em localidades próximas a escolas na comunidade e haviam acabado de iniciar o trabalho quando viram um grupo de pessoas na porta da casa.

"Na nossa primeira ronda, na altura do Caratê, alguns vizinhos estavam pedindo ajuda. Ela não sabia que estava grávida e ficou muito surpresa com a novidade. Ela estava meio em choque. Quando chegamos, o pai havia saído para buscar ajuda. Para mim, foi uma surpresa, mas ficamos muito felizes em poder ajudar", disse.

O parto ocorreu bem e a pequena Alice Vitória nasceu pesando 2,400 kg e medindo 47 cm. A mãe e a bebê foram encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento da Cidade de Deus e, em seguida, transferidas para a Maternidade Municipal Leila Diniz, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. O cabo Gabriel Casemiro, de 34 anos, foi quem participou ativamente do parto da jovem. Ele afirmou que a polícia foi procurada por vizinhos dela e que, após a transferência da mãe e do bebê, eles as visitaram na Maternidade.

"Vimos uma aglomeração e chegamos mais perto para verificar. Uma pessoa veio dizendo que a grávida estava passando mal. Fui até o local e entrei na residência. Ela estava em trabalho de parto, com a bebê já nascendo. Corri para ajudar com alguns moradores. Tinha muito sangue. Depois, colocamos ela na viatura e fomos para a UPA. Ela estava bem cansada e quase desmaiando. Depois, voltamos para registrar tudo e soubemos que ela havia sido transferida para a maternidade. Resolvemos ir até lá para ver como ela estava. Quando nos viu, ela ficou toda animada. Falei 'calma, menina! Você acabou de ter o bebê!". Conversamos bastante. Ela está bem e a bebê também. É muito importante para nós poder ajudar desta forma. Começamos o dia muito bem!", falou.