E. C. Bahia

Na Fonte Nova, tricolor encara a melhor defesa da Série A

Carpegiani deve reforçar o setor ofensivo colocando Rodrigão como titular; Tiago e Edson voltam

Bruno Queiroz, do Correio 24 h (bruno.queiroz@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Muito maior do que o ponto conquistado no estádio Pacaembu diante do Palmeiras, na rodada passada, foi a atuação do Bahia, principalmente no segundo tempo. O tricolor buscou o empate após estar perdendo por 2x0 e podia até ter virado a partida, não fosse a grande atuação do goleiro adversário Fernando Prass e o gol perdido pelo meia Régis no último lance da partida. 

Rodrigão deve voltar ao time titular contra o Corinthians (Divulgação / EC Bahia )
Neste domingo (15), às 18h, na Fonte Nova, o desafio é ainda maior, já que, para vencer o jogo, a equipe de Paulo Cézar Carpegiani terá que transpor a melhor defesa do Campeonato Brasileiro. O Corinthians do técnico Fábio Carille, além de líder isolado da Série A, sofreu apenas 16 gols em toda a competição. Até o momento, 27 jogos foram disputados pelos paulistas. Por isso, é bom que os comandados de Carpegiani estejam com a pontaria bastante afiada se quiserem sair de campo com mais três pontos. 

Logo na estreia do treinador, o aproveitamento nas finalizações foi o melhor desde a primeira rodada, na goleada sobre o Atlético Paranaense por 6x2. Na ocasião, foram 10  finalizações certas, na equipe ainda comandada por Guto Ferreira. Em nenhuma das outras 26 rodadas o Bahia havia acertado tanto o gol adversário até o empate por 2x2 com o Palmeiras, quando igualou essa estatística. 

Contra o Corinthians, a tendência é que os dois principais artilheiros do tricolor no campeonato atuem juntos. Sem contar com Mendoza, que não pode jogar por conta de uma cláusula contratual, Rodrigão deve voltar ao time e, com isso, Edigar será deslocado para jogar aberto pelo lado. Enquanto o centroavante soma cinco tentos na competição, Edigar já balançou as redes rivais quatro vezes. 

“A gente tem trabalhado muito nossa linha de frente para jogar mais perto, um ajudando o outro, isso faz com que a gente tenha confiança”, explicou Edigar, valorizando o trabalho do novo técnico.

Independente do resultado, o Bahia não entra na zona de rebaixamento nesta rodada. Tudo por conta do jogo Cruzeiro 2x1 Ponte Preta, que foi antecipado, e também pelo confronto direto entre Fluminense e Avaí, que jogam no Maracanã, às 16h. Ambos estão atrás do tricolor na tabela. Caso vença o Corinthians, o Esquadrão pode abrir até quatro pontos para o Z4, a depender dos outros resultados.  

Ciente das dificuldades em enfrentar o líder da Série A, Edigar Junio, no entanto, está com a confiança em alta para o confronto e conta com o apoio da torcida para vencer na Fonte Nova. “O Corinthians é uma equipe que tem bastante conjunto, vem com bastante confiança, mas temos que acreditar na gente. Se eles são uma equipe grande, nós também somos e, diante da nossa torcida, teremos mais força”, dá o recado o camisa 11.