Festival da Virada

Polícia apreende 421 objetos proibidos na noite da virada

Foram registrados 19 casos de furto, duas lesões leves e uma situação de desacato

Redação Correio 24h

Mesmo depois de a polícia e a prefeitura divulgarem que objetos de vidro estavam proibidos durante o Festival Virada Salvador, muitas pessoas tentaram burlar a regra. No total, 421 objetos foram apreendidos durante o 4º dia do evento, neste domingo (31). Dentre os materiais encontrados nas revistas estavam diversas garrafas de champanhe.

Na principal noite da festa foram registrados 19 casos de furto, duas lesões leves e uma situação de desacato. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), nesta segunda (1º).

Foto: Divulgação/ SSP

O número de ocorrências foi menor que o contabilizado pela Central de Flagrantes no dia anterior. No sábado (30), foram 38 furtos, uma lesão leve provocada por briga e cinco casos de desacato.

Três homens foram presos suspeitos de envolvimento em assaltos dentro e do lado de fora da Arena Daniela Mercury, onde acontece a festa. Todos têm passagens policiais, e um deles estava com mandado de prisão em aberto.

Segundo a SSP, não houve casos de homicídio ou lesões graves durante os quatro primeiros dias da festa. O Festival Virada Salvador 2018 termina nesta segunda, com shows dos Filhos de Gandhi (14h), Danniel Vieira (15h), Margareth Menezes (16h30), Daniela Mercury (18), e Mariene de Castro (20h30).

Garfos, facas, copos de vidro e qualquer outro objeto que possa funcionar como arma branca também estão proibidos. Agentes da Guarda Municipal também estão atuando nas revistas e abordagens.

A Polícia Militar pediu que as pessoas evitem levar bolsas e sacolas para a festa porque, além de serem alvos mais fáceis para os bandidos, os itens demandam maior tempo na hora da revista, gerando filas grandes. Na dúvida, o melhor é chegar cedo para evitar aglomerações. No total, três portais de abordagens foram distribuídos ao redor da arena onde acontece a festa.