Planeta dos Macacos: O Confronto

Quinze anos após a conquista da liberdade, César e os demais macacos vivem em paz na floresta próxima a San Francisco. Lá eles desenvolveram uma comunidade própria, baseada no apoio mútuo, para que possam se manter. Enquanto isso, os humanos enfrentam uma das maiores epidemias de todos os tempos, causada por um vírus criado em laboratório, chamado vírus símio. Diante disto, um grupo de sobreviventes liderado por Dreyfus deseja atacar os macacos para usá-los como cobaias na busca por uma vacina. Só que Malcolm, que conhece bem como os macacos vivem por ter conquistado a confiança de César, deseja impedir que o confronto aconteça. [SINOPSE]

No filme “O Planeta dos Macacos” (1968), o herói chegava num planeta, supostamente no futuro, dominado pelo macacos que subjugavam os homens como se fossem… macacos! Por si só já era um choque e tanto, ainda mais naquela época. A revelação apoteótica no final do filme causou ainda mais furor, que o alçou ao posto de um dosgran finales do cinema. Efeitos especiais, maquiagem, figurino, fotografia deram um passo a frente num dos filmes mais caros da sua época. Então, na retomada da franquia, a Fox tomou uma decisão mais que acertada em transformar o novo “O Planeta dos Macacos” num prelúdio, não numa refilmagem.

Neste segundo capítulo a franquia confirma sua vocação natural para inovação tecnológica com um show de interpretação dos símios por captura de performance (eletrodos distribuídos por todo o corpo e posteriormente digitalizados). O que antes era quase que inteiramente focado no macaco Cesar, agora se multiplica por diversos deles. A atuação de Andy Serkis, que interpreta o macaco Cesar, é simplesmente espetacular, ao ponto de haver uma campanha na internet para que seja indicado ao Oscar, coisa que academia “ainda” reluta em aceitar.

O filme é diversão de primeira qualidade, mas poderia “flopar” (fracassar) por diversos motivos se não houvesse o bom senso da Fox, um ótimo roteiro e a mão firme do diretor Matt Reeves equacionando tudo, principalmente evitando a armadilha de usar os (fantásticos) efeitos especiais como muleta e esquecer de contar a estória


Publicado em Resenhas, Trailer, Video | Com a tag , , | 2 comentários

A Culpa é das Estrelas

Diagnosticada com câncer, Hazel Grace Lancaster se mantém viva graças a uma droga experimental. Após passar anos lutando com a doença, a jovem é forçada pelos pais a participar de um grupo de apoio e logo conhece Augustus Waters, um rapaz que vai mudar completamente a sua vida. [Sinopse]

É um drama-romântico com pitadas generosas de comédia, um mix de “Romeu e Julieta” (1968) com “Amor Sem Fim” (1981), ambos do Italiano Franco Zeffirelli. Não é necessariamente o “filme de chororô” como vinha informalmente sendo classificado, muito menos um mero “filme sobre doença” como pode parecer. Óbvio que com um tema pesado como o câncer a quantidade de lagrimas fica na medida de quão “chorão” é cada um de nós, pois o filme não força a barra, nem usa da vitimização para nos comover, mas também não alivia o pé.

Com um tema tão pesado, cabe ao casal Hazel (Shailene Woodley) e Gus (Ansel Elgort) (que são irmãos no filme “Divergente”!) a tarefa de criar empatia com o público. E o jeito mocinha-intelectualizada de Hazel junto o sarcasmo charmoso de Gus fazem o filme ficar… leve! tudo bem que eles têm uma boa ajudinha de um amigo alívio-cômico, uma trilha sonora cool e aquela deliciosa troca de mensagens de texto pipocando na tela.

Sabe aquela estrofe “se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi“? Pois então…. é isso!


Publicado em Resenhas, Trailer, Video | Com a tag | Deixar um comentário

Os 25 anos de “O Campo dos Sonhos”

Construa, e ele virá!

Kevin Costner visitando a fazenda que serviu de cenário para o filme “O Campo dos Sonhos” na ocasião do aniversário de 25 anos do filme.


Publicado em Cine Notícia | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Star Wars – Trailer Atualizado

E se o trailer de “Star Wars” (década de 70!) fosse “atualizado” para os anos 2010 tomando como exemplo o estilo de “Guardiões da Galaxia”?


Publicado em Cine Humor, Trailer, Video | Com a tag | Deixar um comentário

Copa no Cinema

Depois do sucesso na exibição da final da UEFA Champions League, algumas redes de cinema irão transmitir diversos jogos (não apenas do Brasil) da Copa do Mundo da FIFA nos cinemas. Os preços variam em torno de R$ 30,00 a inteira. Mais detalhes nos sites das principais redes que atuam em Salvador.


Publicado em Cine Notícia, Comunicado | Com a tag , | Deixar um comentário

Listas Top 10: Futebol

1. Fuga Para a Vitória (Victory ou Escape to Victory, 1981)

2. O Milagre de Berna (Das Wunder Von Bern, 2003)

3. Duelo de Campeões (The Game of Their Lives / The Miracle Match, 2005)

4. Todos os Corações do Mundo (Two Billion Hearts, 1995)

5. Boleiros – Era uma vez o Futebol (1998)

6. Linha de Passe (2008)

7. A Copa (The Cup, 1999)

8. Gol! (Goal!, 2005)

9. À procura de Eric (Looking for Eric, 2009)

10. Driblando o Destino (Bend it like Beckham, 2002)


Publicado em Listas Top 10, Sem categoria | Com a tag , | Deixar um comentário

Cine Humor – Corretor Automático

Lembra daquele vídeo de vocês transando naquela noite? Haja o que houver, não suba para a Nuvem, ouviu? Não suba para a… Oh, droga!

Sex Tape: Perdido na Nuvem – 07 de agosto nos cinemas


Publicado em Cine Humor, Cine Notícia | Com a tag , | Deixar um comentário

No Limite do Amanhã

Quando a Terra é tomada por alienígenas, Bill Cage (Tom Cruise) é obrigado a juntar-se às Forças Armadas e ir para a linha de frente no dia do confronto final. Inexplicavelmente ele acaba preso no tempo, condenado a reviver esta data repetidamente. A cada morte e renascimento, Cage adquire mais conhecimento e, antecipando os acontecimentos, tem a chance de mudar o curso da batalha com o apoio da guerreira Rita Vrataski (Emily Blunt).
[Sinopse]

Sim, pelo viés do reducionismo barato, é mesmo um “Feitiço do Tempo” com toques de “Tropas Estelares” e os alienígenas de “Matrix Revolutions”. Mas isso é muito bom, pois o filme pincela o que de melhor há nestes três filmes, dá um toque de “Identidade Bourne” (também do competente diretor Doug Liman) e oferece um bom entretenimento que foge a mesmice atual.

O filme tem lá seus defeitos, mas nada que comprometa. Tem um romance mambembe que não tinha a menor necessidade de acontecer, nem para agradar ao público adolescente. Também não questione a fundo o roteiro, pois vai achar furos, apenas aceite as premissas e o filme irá te envolver.

Tom Cruise tem um estilo de interpretação recheada de maneirismos, mas que na ficção funciona muito bem. Faz aquele gênero galã, mas não se pode negar que é um sujeito que arrisca. Podia muito bem estar em comédias românticas ou draminhas esportivos que ia faturar milhões, mas não, volta e meia escolhe projetos ousados, ainda que sempre tenha na franquia “Missão Impossível” seu porto seguro.

Na verdade, tendo a ser um tanto complacente quando me deparo com uma ficção cientifica, gênero de difícil “vendagem”, que fala sobre viagem no tempo, tema espinhoso mas que fascina, ainda mais nos moldes de um clássico da comédia que permeia nossa memória afetiva. Por si só a ideia já me agradaria, ainda mais quando é bem executada.


Publicado em Resenhas, Video | Com a tag , | Deixar um comentário

O Problema do 3D no Cinema, por Pablo Villaça


Publicado em Video | Com a tag , , , , | 1 comentário

Avisado!

2014 – João Pessoa – Paraíba.
Cliente vai assistir ao filme “Praia do Futuro” e é “avisado” que o filme contem uma cena de sexo homossexual! E ainda tem seu ticket carimbado com indicação do tal “aviso”.  Será que se fosse uma cena heterossexual haveria o mesmo aviso? Ou uma cena muito violenta? Pensei que o fundo do poço fosse “avisar” a uma pessoa que a sessão era legendada.


Publicado em Comunicado | Com a tag , | 1 comentário