Menu Lateral ibahia ibahia.com
iBahia > mundo bahia fm
Whatsapp Whatsapp
Fuzuê na Bahia FM

Giselle Café fala de influências no arrocha e promete novo EP em 2024

Single para dezembro também está nos planos de Giselle Café

Vinícius Cunha • 27/11/2023 às 14:30 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

A cantora e compositora Giselle Café foi a convidada do programa Fuzuê desta segunda-feira (26) na Bahia FM. Em conversa com o Mundo Bahia FM, a artista falou sobre a trajetória dela na música e os lançamentos que estão por vir.


				
					Giselle Café fala de influências no arrocha e promete novo EP em 2024
Giselle Café participou do Fuzuê da Bahia FM. Foto: Tauany Rosa / Bahia FM

Gisele começou a cantar aos 15 anos de idade, quando entrou no ministério de música da igreja. Encorajada pela mãe, que já via nela um futuro musical, ela começou a chamar a atenção de quem a ouvia.

Leia mais:

"Um crescimento sem pretensão, porque eu estava cantando na igreja, as pessoas gostavam da voz, me convidavam para cantar em casamentos deles, depois em festas, depois fui cantando em formaturas, nas praças... Então foi acontecendo sem muito planejamento, sem muita gestão", revelou.

Para ela, o que a ajudou a crescer e se tornar compositora foi a paixão pela música. "Eu fui gostando da coisa e comecei a vislumbrar palcos maiores. Com isso, comecei a compor, porque eu queria deixar meu nome marcado na história da música brasileira".

Giselle conta que durante a pandemia, ela aproveitou o tempo livre para produzir: fez mais de 180 músicas. No período, ela veio para Salvador para compor com baianos. Nomes como Breno Casagrande e Nêgo John já fizeram parcerias com a cearense.

A paixão de Giselle Café pelo arrocha

Apesar de ter conhecido os mais diversos estilos musicais brasileiras na faculdade de música, a música baiana chamou a atenção de Giselle Café.

"Metade das cadeiras de música brasileira era estudando música de compositores baianos, como Dorival Caymmi, então tudo isso entrou na minha observação musical", explicou.

Com o amor pela Bahia se expandindo à gastronomia e também aos cantores baianos, Giselle se encontrou no arrocha. "Minha voz abraçou o arrocha de uma forma, e foi abraçada também por esse swing gostoso que a Bahia tem".

Perguntada sobre as principais referências que ela tem no estilo baiano, ela revelou que Pablo e Nara Costa são as principais. "Tenho muito carinho por ele, respeito, admiração. Admiro a elegância dele cantando", disse.

Novos trabalhos

Para o verão 2024, Giselle Café promete lançar um EP. Segundo ela, o novo trabalho será lançado integralmente, sem muitos singles. "É a hora de mostrar a Giselle Café de forma mais ampla", explicou.

O álbum terá músicas com temas românticos, incluindo amores que deram certo ou não e a tradicional sofrência. Ela diz que há a possibilidade do lançamento acontecer em janeiro ou depois do carnaval.

A única prévia que o público terá é o single "Meu Planeta", que será lançado neste mês de dezembro. A faixa é uma versão da música "If I Ain't Got You", de Alicia Keys. Ela avalia que a música preenche uma lacuna do cenário musical atual.

"Tá faltando esse romantismo, sabe? Tá tendo muito "senta senta", mas o amor existe, cara. Eu tô aí para cantar o amor, a história de vida das pessoas, as minhas histórias, amores perfeitos e imperfeitos... Eu sou a cantora do amor, a minha voz nasceu para isso", completou Giselle.

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM MUNDO BAHIA FM :

Ver mais em Mundo Bahia FM