Menu Lateral ibahia ibahia.com
iBahia > mundo gfm
Whatsapp Whatsapp
Eterna

Clara Nunes, morta há 40 anos, tem álbum de 1973 reeditado em LP

Cantora completaria 81 anos neste domingo (13)

Elson Barbosa • 13/08/2023 às 12:20 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Clara Nunes, morta há 40 anos, tem álbum de 1973 reeditado em LP
Foto: Divulgação

Clara Nunes, que faleceu em 2 de abril de 1983, estaria completando neste domingo (13) 81 anos. Para lembrar dessa data especial, a Universal Music – detentora de toda a obra fonográfica editada pela cantora na gravadora Odeon entre 1966 e 1983 – reeditou no formato original de LP o sexto álbum da artista.

O projeto, que levava o nome da cantora, foi lançado em 1973 com uma capa que expunha ela em uma obra do artista plástico baiano Luiz Jasmin (1940 – 2013). Convertida ao mundo do samba em 1971, Clara tornou-se referência na música brasileira a partir do lançamento do álbum “Alvorecer”, de 1974.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

Produzido por Adelzon Alves, Clara Nunes – o disco de 1973 que volta ao mercado fonográfico em LP fabricado com vinil amarelo – foi álbum de consolidação da conversão arquitetada dois anos antes por Adelzon.

O repertório destacou os sambas Tristeza pé no chão (Armando Fernandes Mamão, 1973) e Quando eu vim de Minas (Xangô da Mangueira, 1973) entre regravações de É doce morrer no mar (Dorival Caymmi e Jorge Amado, 1941) e Umas e outras (Chico Buarque, 1969).

Confira canções da artista:

RELACIONADAS:

MAIS EM MUNDO GFM :

Ver mais em Mundo GFM