2ª etapa do Mais Médicos na Bahia inclui atendimento a indígenas


Os 277 profissionais estrangeiro do 2º ciclo do programa “Mais Médicos” encerraram nesta sexta-feira (1º) as atividades coordenadas pela Secretaria da Saúde (Sesab) e seguiram para as cidades onde devem atuar. Para ver a lista completa de cidades beneficiadas com a segunda fase do programa, clique aqui.

O secretário da Saúde do Estado, Jorge Solla e o secretário especial de Saúde Indígena do governo federal participaram da cerimônia. Secretários municipais de Saúde e prefeitos também viajaram à capital baiana para conhecer os médicos que irão atuar em suas cidades.

Nesta edição do programa, comunidades indígenas baianas também foram incluídas. Dez médicos foram encaminhados para as regiões de Euclides da Cunha, Ilhéus, Itamaraju, Pau Brasil, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal e Porto Seguro. Por conta disso, lideranças indígenas também compareceram.

Antes dos primeiros atendimentos aos indígenas da Bahia, os médicos ainda passarão por três dias de treinamento especial voltado para aprenderem detalhes sobre a cultura e os costumes dos índios.

Matéria original Correio 24h:
Segunda etapa do “Mais Médicos” na Bahia inclui atendimento a comunidades indígenas