Bahia

Imagens de câmera de segurança registraram execução de PM; polícia já tem suspeitos

As imagens serão divulgadas para a imprensa com o intuito de que a população ajude na identificação dos acusados

Redação CORREIO (redacao@correio24horas.com.br)

As imagens gravadas por câmeras de segurança da Prefeitura de Lauro de Freitas próximo ao Hospital Menandro de Farias vão auxiliar a polícia a investigar o caso do soldado PM Jevyson Velame Oliveira, 45 anos, que foi morto a tiros no final da tarde desta terça-feira (28), dentro do posto policial local.


A câmera estava em um poste em frente à unidade hospitalar e registrou parte da cena do crime, onde mesmo à distância é possível visualizar a presença dos dois prováveis executores. Os dois homens estavam usando capacetes da motocicleta utilizada na fuga, as imagens ainda registram pessoas saindo correndo do hospital.


De acordo com informações da polícia, o delegado titular da 23ª Delegacia Territorial, Joelson Reis, que investiga o homicídio, vai tentar junto ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) melhorar a qualidade das imagens registradas pela câmera e incluir no inquérito policial.


As imagens serão divulgadas para a imprensa com o intuito de que a população ajude na identificação dos acusados. O cidadão que através dessas imagens consiga perceber algum detalhe que contribua para a identificação deve entrar em contato com a polícia através dos telefones 3235-0000 (Central Disque Denúncia) ou 3288-8920 (23ª DT).


Imagens
Automática e giratória, a câmera de segurança da Prefeitura Municipal alcança a fachada principal do Menandro de Farias e parte das vias de acesso a Salvador e à cidade de Lauro de Freitas. Numa primeira imagem relacionada ao homicídio do PM aparece um homem em pé encostado no posto policial e a motocicleta parada. Segundo as investigações, os criminosos usaram uma moto Tornado, de cor amarela, sem placa.


Após girar, a câmera retorna à posição original e capta a motocicleta no mesmo local, já sem a presença do homem usando capacete, de um veículo particular deixando a entrada do hospital em marcha ré, além de pessoas tentando sair às pressas da unidade. Numa terceira sequencia de imagens, dois homens saem do interior do posto policial correndo, e ao alcançarem a motocicleta a câmera muda novamente de posição, sem ter registrado o corpo da vítima nem marcas de sangue. De acordo com o delegado Joelson Reis, a polícia já tem suspeitos do assassinato.


Entenda o caso
O soldado da Polícia Militar Jevyson Velame de Oliveira, 45 anos, morreu com cinco tiros, na noite desta terça-feira (29) na guarita de segurança do Hospital Menandro de Faria, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador.


O policial tinha acabado de chegar para trabalhar, quando levou dois tiros disparados por dois homens que estavam em uma moto sem placa. Segundo testemunhas, os bandidos descarregaram a munição de duas pistolas contra a vítima, que estava de costas e sofreu pelo menos cinco perfurações: duas na cabeça, uma em cada ombro e outra em uma das pernas.


Enterro
Foi enterrado na tarde desta quarta-feira (29) o corpo do policial militar Jevyson Velame de Oliveira, de 45 anos.  O enterro aconteceu por volta das 16h, no Cemitério Jardim da Saudade, no bairro de Brotas