Bahia

Mulher tenta entrar em cadeia com drogas e celular escondidos na genitália em Eunápolis

Lucimária de Jesus Santos, 21 anos, afirmou, em depoimento, que ofereceram R$ 100 para que ela transportasse o material

Da Redação

Uma mulher foi presa ao tentar entrar na cadeia pública de Eunápolis, a 644 km de Salvador, com 64 gramas de maconha e uma placa de celular escondidos na vagina, na tarde desta quinta-feira (12). Lucimária de Jesus Santos, 21 anos, afirmou, em depoimento, que ofereceram R$ 100 para que ela transportasse o material.


Segundo informações da Polícia Civil, uma denúncia anônima informou que uma mulher chamada Gilmária tentaria entrar na cadeia transportando drogas. Quando ela chegou para as visitas, durante a tarde, ela foi revistada por uma policial feminina, que encontrou a droga, que estava dentro de um preservativo.


Em depoimento, Lucimária informou que foi abordada por um homem na rua, que ofereceu o dinheiro e afirmou que a conhecia de outras visitas à delegacia. Lucimária foi casada com um presidiário que, depois de solto, foi morto em confronto pela polícia. Com a morte do marido, ela começou a namorar com um outro preso da cadeia de Eunápolis e era conhecida pelos detentos.


Lucimária foi presa e autuada em flagrante por tráfico de drogas, e a pena pelo crime pode variar de 5 a 15 anos de prisão.