Brasil

Adolescente arremessada de brinquedo em parque tem morte cerebral

Quatro meninas ficaram feridas no acidente no último dia 26

Agência O Globo

A adolescente Isabela do Amaral Vieira, de 16 anos, uma das quatro meninas que foram arremessadas de um brinquedo de um parque de diversões, no centro de Ceres, em Goiás, teve morte cerebral na manhã desta segunda-feira. A informação foi confirmada pelo Hospital de Urgências de Anápolis (Huana). Ela estava internada desde o dia 26, data do acidente.

As quatro adolescentes, todas de 16 anos, ficaram feridas quando um brinquedo chamado Surf apresentou um problema. Elas foram lançadas com o brinquedo ainda em movimento. Isabela do Amaral Vieira apresentou o quadro mais grave e foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e em seguida transferida para o Hospital de Urgência de Anápolis ( HUANA). Das quatro, duas já receberam alta.

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte. O perfil da adolescente já foi transformado em um memorial em sua homenagem. "Vá com Deus minha linda... Você nunca será esquecida. Todos amamos você", mensagem aparece com a foto de Isabela.

O brinquedo comporta 22 pessoas, mas não há informações de quantas pessoas estavam no momento do acidente. A Polícia investiga o caso.

— O brinquedo estaria ainda girando e a barra de segurança dele, quando nós chegamos, estava no chão. Então, ela foi arrancada de alguma forma. Em função disso, as adolescentes foram ejetadas— informou o major do Corpo de Bombeiros Rhevysson Martins de Oliveira Brito, que fez o socorro das vítimas.

Ainda de acordo com o major Rhevysson, o parque possui o Certificado de Conformidade do Corpo de Bombeiro Militar (Cercon). Segundo ele, os brinquedos foram inspecionados e o proprietário do parque apresentou a Anotação de Responsabilidade Técnica ( ART) e o laudo de todos eles.