Brasil

Empresário mata mulher e filha de quatro anos a facadas

Após cometer os crimes, ele tirou a própria vida

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Thiago José de Aquino Marques, de 39 anos, matou a esposa, Mariana Barbosa Paranhos, de 33 anos, e a filha do casal, Valentina Paranhos de Aquino, de 4 anos, na madrugada deste sábado (17), em Araguari, em Minas Gerais. Após cometer os crimes, o empresário tirou a própria vida.


De acordo com informações do 'G1', o Corpo de Bombeiros explicou que por volta das 3h45, Thiago dirigia o carro com a família, quando jogou o veículo no muro de duas residências. Em seguida, ele golpeou a esposa com 12 facadas e depois a ele mesmo, com quatro. A filha do casal foi encontrada na cadeirinha no banco de passageiro do veículo com um golpe de faca no tórax. 

"Antes de descer do carro ele já estava brigando com ela, ela conseguiu sair do veículo e gritou socorro várias vezes muito alto. Ele pegou o carro e tentou atropelá-la, mas como ela pulou um muro pequeno de uma casa, ele foi atrás e a matou. O homem estava transtornado, com um sentimento de ódio muito grande e só vimos que a menininha estava no carro morta quando a PM chegou", contou uma testemunha à publicação.

O homem e a criança morreram ao dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araguari. A mulher não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime. A família morava em Uberlândia e, de acordo com a Santa Casa de Araguari, Mariana era plantonista da ginecologia e obstetrícia da unidade desde de janeiro deste ano. Ela estava de plantão nesta madrugada, antes de ser assassinada. Não se sabe ainda a motivação do crime.