Brasil

Guru Sri Prem Baba é acusado de abusar sexualmente de seguidoras

Ele confirmou que se relacionou com as duas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O guru Sri Prem Baba, conhecido como o "guru dos famosos", tem sido acusado de abuso sexual por duas ex-seguidoras. As informações foram reveladas por ex-maridos das vítimas, no último domingo (26), durante um culto. O próprio guru confirmou que se relacionou com as duas. Quem deu as informações foi a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Apesar de ter divulgado um vídeo em que admitia ter se envolvido com uma pessoa casada entre 2008 e 2010, a assessoria de Prem Baba rejeitou o abuso e afirmou que ele nunca negou ter tido relações amorosas.

Foto: Reprodução
Os encontros começaram após um dos casais buscar ajuda do guru para tentar "salvar o casamento". O guia espiritual se reunia com a esposa do rapaz e, no ato, oferecia massagens tântricas - que evoluíam para relações sexuais. A história só foi esclarecida após a mulher sofrer de síndrome do pânico e revelar ao ex que, por sua vez, denunciou os casos durante um encontro do mestre hinduísta no domingo (26).

No vídeo divulgado, ele explica que ficou confuso com toda a situação. "A minha energia se moveu para meditação e o sexo deixou de ter a mesma importância na minha vida, mas ainda estava lá", afirmou. Ele revelou que, ao se consultar com o seu guru indiano, ele foi orientado a manter o celibato, mas que, ainda assim, poderia - de forma ocasional e fora das temporadas de busca - "seguir no estudo da sexualidade".