Brasil

Homem morre sugado por tubulação enquanto trabalhava

Técnico de 36 anos morreu no local e deixou esposa e quatro filhas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Um homem de 36 anos morreu sugado pela tubulação da estação de captação de águas de São Paulo. De acordo com o G1 Santos e Região, o técnico Wellington Ferreira fazia a manutenção em uma estrutura de captação de água da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) em Bertioga, no litoral de São Paulo, quando se acidentou e morreu afogado. Em nota, a Sabesp afirmou que o funcionário não seguiu procedimentos de segurança e, por isso, se acidentou.

 Wellington realizava a ação rotineira para a limpeza e a retirada de folhas da grade instalada na entrada da estação de captação de água que abastece a região central da cidade.Segundo a empresa, ele deveria retirar a estruturar de contenção de resíduos enquanto estivesse fora da água.

Wellington Ferreira trabalhava há seis enquanto fazia manutenção em tubulação da Sabesp — Foto: Arquivo Pessoal

"De dentro da água, o funcionário retirou a grade que bloqueia a entrada e ficou preso na tubulação. Avaliação preliminar indica que os procedimentos de segurança não foram seguidos, uma vez que a empresa orienta que esta grade somente pode ser retirada de fora da água, sem a presença de pessoas na área de captação", informou a Sabesp.

Funcionário foi sugado por tubulação durante manutenção em Bertioga, SP — Foto: Reprodução

Sugado pela pressão da água na tubulação, o técnico ficou preso e morreu afogado ainda no local.  Ainda de acordo com o G1, não houve possibilidade de socorrê-lo. Equipes de emergência foram à estação, retiraram o corpo do funcionário e o encaminharam ao Instituto Médico Legal.

O local do acidente também foi periciado pela polícia científica. Wellington deixou esposa e quatro filhas.