Brasil

Menina de 12 anos é estuprada e morta por asfixia

Vizinha da menina foi indiciado pelo crime nesta segunda-feira (22)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Nesta segunda-feira (22), a Polícia Civil indiciou um homem, de 29 anos, pela morte de Ana Carolina Vinholes Menezes, de 12 anos. De acordo com o laudo pericial, a menina foi estuprada e morta por asfixia. O crime aconteceu em Santana da Boa Vista, na Região Central do Rio Grande do Sul (RS). As informações são do G1 RS. 

Segundo a polícia, a menina foi encontrada morta em um guarda-roupa da casa do suspeito, no dia 10 de junho deste ano. Eles moravam em casas próximas. A menina teria ido à casa do suspeito falar com a mãe dele, que é costureira e não estava na residência. Com a demora da menina de voltar para casa, a mãe da vítima resolveu procurá-la pela vizinhança e reconheceu um calçado da filha na casa do suspeito, continuou procurando até que encontrou o corpo. 

"Afirmou que mentiu para a vítima, que a sua mãe [a do homem] estava em casa e mandou entrar. Logo pediu que ela subisse uma escada que vai para o segundo piso da casa para encontrar a mãe, quando ele foi atrás e de surpresa a atacou", informou a polícia.

O homem, que já estava preso desde o dia 10 de junho, conforme a polícia, confessou o crime, mas negou a violência sexual. Ele vai responder por feminicídio com as qualificadoras de asfixia e por recurso que impossibilitou a defesa. Ele também foi indiciado por estupro de vulnerável e ocultação de cadáver.