Brasil

Mulher é abusada sexualmente durante seleção de emprego

Proprietário do estabelecimento foi preso em flagrante por estupro

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Na última terça-feira (27), uma jovem de 19 anos, que não teve o nome divulgado, foi vítima de estupro durante entrevista de emprego, em Cuiabá. Ela foi até o local após ver um anúncio de vaga para atende de assistência técnica publicado na internet. O proprietário do estabelecimento foi preso em flagrante por estupro. As informações são do UOL. 

A jovem foi até o local levar o currículo e o homem, que também não teve o nome divulgado, pediu que ela retornasse "com uma roupa mais adequada" para que ele e a gerente da loja fizessem uma entrevista. 

Para Polícia Civil, o homem negou ter cometido o crime e que a jovem tinha ido duas vezes ao local. Mas, a polícia teve acesso a mensagens dele enviadas para vítima reforçando que ela precisa voltar ao local. 

"Quando chegou, ela se deparou com ele sozinho na loja, que foi fechada rapidamente. Ele deu início ao teste em que consistia em ele analisar o significado de cada tatuagem do corpo da vitima. Ele determinou que ela vestisse o uniforme da empresa e tirasse a parte de baixo, a calça que ela estava vestindo. Além disso, ele teria passado as mãos pelo corpo dela, nas nádegas dela e carregado ela colocando-a em uma mesa", contou a delegada Jannira Laranjeira Siqueira Campos, que ouviu a vítima logo que ela procurou a polícia.

Em depoimento, a vítima ainda contou que o homem sugeriu que a cada pergunta que ela errasse na entrevista tirasse uma peça de roupa. Nervosa, ela falou que não queria continuar a entrevista e saiu do estabelecimento. Em seguida, ela foi procurar ajuda na Delegacia de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica e Sexual de Cuiabá.