Brasil

Mulher vai cumprir prisão preventiva por acidente com 3 mortos

Três pessoas morreram e uma ficou ferida na Marginal Tietê, em São Paulo. Motorista estava bêbada e tinha carteira vencida

Redação Correio 24h

A paulista Talita Sayuri teve sua prisão preventiva mantida pela Justiça paulista. Sayuri, de 28 anos, estava dirigindo embriagada e envolveu-se na madrugada de sábado (30) em um acidente de trânsito que provocou a morte de três pessoas, na Marginal Tietê, em São Paulo. A motorista estava com a carteira vencida.

Foto: Reprodução

A juíza Carolina Nabarro Munhoz Rossi ressaltou que o “delito imputado à indiciada é gravíssimo, tendo como causa fútil embriaguez ao volante e direção ao celular, estando a indiciada com a carteira de motorista suspensa”.

Apesar de Sayuri não ter antecedentes, a juíza acrescenta que “seu comportamento denota risco a sociedade caso responda ao processo em liberdade”, e, devido ao “clamor social” que o delito causou, a manutenção da prisão se mostra mais adequada, até para presevar a ré. Além dos mortos, houve ainda um ferido no acidente.

Sayuri foi presa em flagrante por embriaguez ao volante e homicídio doloso, quando se assume o risco de matar, com pena de seis a 20 anos de prisão.