Tecnologia

Apple faz recall do iPhone 8

Segundo a Apple, o problema não afeta os modelos do iPhone 8 Plus

Agência O Globo
- Atualizada em

A Apple identificou que há celulares iPhone 8 com placas lógicas com defeito de fabricação. Os dispositivos podem ter telas congeladas, não ligarem ou serem reiniciados inesperadamente. Por isso, a empresa está convocando os proprietários dos dispositivos para a troca da placa.


As unidades afetadas foram vendidas entre setembro de 2017 e março de 2018 na Austrália, na China, em Hong Kong, na Índia, no Japão, em Macau, na Nova Zelândia e nos Estados Unidos. Mas, devido à exportações ou às compras no exterior em viagens, a companhia faz a avaliação como medida preventiva ao redor do mundo.

No site da empresa, há um campo para verificar se o número de série está incluído na lista para avaliação. Segundo a Apple, o problema não afeta os modelos do iPhone 8 Plus ou qualquer outro dispositivo da marca. Caso o proprietário confirme que o aparelho precisa passar pela checagem, deve-se marcar uma consulta em uma loja de serviços autorizado.

A empresa informa que, caso o aparelho tenha algum dano que prejudique a capacidade de concluir o reparo, como uma tela quebrada, esse problema precisará ser resolvido antes do serviço. Em alguns casos, pode haver um custo associado ao conserto adicional. A Apple informou ainda que o programa de reparo não amplia a cobertura de três anos de garantia padrão do iPhone 8.