Notícia

Diferença entre mamografia e ultrassonografia de mama

Mamografia ou Ultrassonografia de mama? Dra. Genevieve Coelho, diretora do IVI Salvador, responde

Publieditorial*
- Atualizada em

Na hora de fazer o preventivo para o câncer de mama, muitas mulheres se perguntam o que é melhor: Mamografia ou Ultrassonografia de mama? Dra. Genevieve Coelho, diretora do IVI Salvador, responde:- Mamografia

A mamografia é o exame de imagem mais importante para estudar patologias mamárias e identificar câncer de mama. Para realiza-lo a mama é pressionada por alguns segundos por um equipamento. Conforme diversas publicações especializadas, o mais aceitado na comunidade científica internacionalmente é realizar a primeira mamografia a partir dos 35 anos para mulheres que não apresentem sintomas. Dependendo do resultado obtido na mamografia e tipo de padrão mamográfico, será definida a periodicidade de repetição do exame. A partir dos 40, é recomendado repetir o exame todos os anos.

Foto: Divulgação

- Ultrassonografia de Mama
A capacidade de detecção da mamografia diminui em mulheres jovens ou aquelas que têm um tecido mamário de maior densidade, neste caso a ultrassonografia é muito eficaz para distinguir as estruturas líquidas, como os cistos de mama, das sólidas, como os fibroadenomas. Durante sua realização, o médico desliza um transdutor sobre a mama em várias posições após aplicar um gel transparente. Ambos os exames identificam alterações nas mamas antes que os pacientes ou médicos possam notá-las, por isso são importantes para a identificação do câncer de mama e devem ser repetidos periodicamente de forma preventiva. Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), se o câncer de mama é identificado em seu primeiro estágio, a possibilidade de cura é de 80%.*Conteúdo de responsabilidade do parceiro