Educação

Enem: confira as melhores videoaulas gratuitas na internet

É importante fazer um cronograma e determinar quais conteúdos precisam ser priorizados

Agência O Globo
- Atualizada em

Marcadas para os dias 5 e 12 de novembro, as provas do Enem já estão batendo à porta dos estudantes. E para o candidato que está correndo contra o tempo para conseguir assimilar todo o conteúdo,veja uma lista que foi montada com a ajuda de professores e alunoscom  10 sites com conteúdo gratuito que podem ajudar o candidato a assimilar melhor as matérias.

É um site de vídeoaulas com uma linguagem jovem e acessível.

Com conteúdo gratuito produzido por professores voluntários, o AulaDe oferece vídeos de todas as disciplinas.

Plataforma que oferece aulas gratuitas e pacotes pagos.

Oferece conteúdo gratuito de Física.

Dicas de redação e simulados de todas as disciplinas.

Com exercícios, provas onlines e jogos gratuitos o Só Geografia é uma opção para quem quer aprender a disciplina de maneira descontraída.

O diferencial é que divide o conteúdo de acordo com a escolaridade do usuário.

Dedicado a estudantes que se preparam especificamente para os vestibulares de Medicina. Ele oferece exercícios de todas as disciplinas.

Além de oferecer muito conteúdo gratuito o site também disponibiliza um pacote pago.

Com foco no Português, é um dos sites indicados pelos próprios estudantes.

A estudante Bárbara Léo Barreto de Araújo, de 17 anos, moradora de Campos dos Goytacazes, é uma das que têm direcionado os estudos para as aulas online. Na disputa por uma concorrida vaga no curso de Medicina, ela acessa diariamente o conteúdo do site aulade.com.br:

— Há cerca de um ano, passei a usar esses recursos online para estudar. Isso facilitou muito a minha vida. Gosto de ver vídeos no youtube e essas aulas acabam sendo uma boa saída para prender a minha atenção.

Foto:Divulgação

Para Bárbara, as videoaulas de Matemática, Física e Química são melhores quando os professores são objetivos nas explicações. Já matérias como Português, Biologia e História se tornam mais interessantes se o conteúdo e explicado de uma forma mais criativa.

A experiência do estudo online também foi produtiva para o estudante de Economia do Ibmec Leo Tuna, de 25 anos. Ex-aluno do site Descomplica e morador do Morro do Fogueteiro, na Região Central do Rio, ele fez o Enem em 2015. Passou para Uerj, UFF, PUC e Ibmec (os dois últimos pelo ProUni). Matriculou-se na Uerj, que entrou em greve uma semana depois.

— O curso online era mais acessível e me permitia uma mobilidade de estudo. Aprendi a estudar com o Descomplica, criei uma rotina e ficava online cerca de quatro horas por dia, depois da escola. Não perdia o foco porque tinha um objetivo e conseguia interagir com o professor e esclarecer minhas dúvidas pelo chat. O professor sabe manter o ritmo da aula. O que você precisa ter é uma postura de estudo, mesmo não estando no ambiente físico da sala de aula.

A educadora Andrea Ramal, doutora em Educação pela PUC-Rio, diz que, nessa reta final, os candidatos devem seguir três passos: planejamento, foco e disciplina:

— Os alunos devem planejar seus estudos e programar quantas horas precisam se dedicar por dia. É importante fazer um cronograma e determinar quais conteúdos precisam ser priorizados. Para isso, fazer provas anteriores mostra em quais áreas devem focar.

Fique atento!

Neste ano, os candidatos farão as provas do Enem em dois domingos (5 e 12 de novembro).

No dia 5, serão as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias ; Redação; Ciências Humanas e suas Tecnologias. No domingo seguinte, é a vez das provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias.

Não se esqueça de conferir o seu local de prova e testar o tempo de percurso ao longo da semana para não chegar atrasada no dia. Na hora do exame, a caneta tem que ser esferográfica preta transparente. Tenha documento um oficial com foto em mãos.